Athletico luta até o fim e empata nos acréscimos com o Flamengo; veja os gols

Pedro Melo

Athletico Flamengo Brasileirão resultado ficha técnica

O Athletico mostrou poder de reação, empatou com o Flamengo em 2 a 2 após sair em dois gols de vantagem e somou um ponto importante na briga para escapar do rebaixamento no Brasileirão. Gabigol marcou os dois do Fla, enquanto Renato Kayzer e Guilherme Bissoli empataram na etapa final – veja os gols abaixo.

Apesar do clima de vitória, o Furacão completou seis jogos sem vencer no Brasileirão. O Rubro-Negro subiu para 35 pontos, cinco a mais que o Juventude, primeiro time na zona de rebaixamento. Do outro lado, o Flamengo desperdiçou a chance de assumir a vice-liderança e segue em terceiro lugar, com 50 pontos.

Na próxima rodada, o Athletico faz uma prévia da decisão da Sul-Americana contra o Red Bull Bragantino, no domingo (07), às 16h, no estádio Nabi Abi Chedid. Já o Flamengo joga na sexta-feira (05), às 21h30, diante do Atlético-GO, no Maracanã.

ATHLETICO TEM PRIMEIRO TEMPO RUIM, MAS BUSCA REAÇÃO E EMPATA COM O FLAMENGO

O primeiro tempo foi muito tenso na Arena da Baixada. E o Flamengo aproveitou o nervosismo do Furacão para abrir o placar. Aos 17 minutos, Michael fez boa jogada pela esquerda e Tocou para Vitinho, que parou na defesa de Santos. No rebote, Gabigol mandou para as redes.


Após sofrer o gol, o Furacão ficou ainda mais nervoso e cometeu diversos erros. Em um deles, o goleiro Santos errou na saída de jogo, Isla aproveitou e tocou para Gabigol. O atacante teve muita calma e mandou por cobertura para ampliar a vantagem.


O Rubro-Negro ainda ficou muito próximo de perder um jogador na etapa inicial. Renato Kayzer foi expulso após lance com Léo Pereira, mas o árbitro trocou a cor do cartão e deu o amarelo após olhar no vídeo.

Depois do primeiro tempo nervoso, o Athletico voltou com uma postura diferente para a segunda etapa e buscou a reação. Aos 17 minutos, Abner fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Nikão, que parou em grande defesa de Diego Alves. No rebote, Renato Kayzer descontou. O assistente chegou a anular, mas o VAR confirmou o gol.

Empolgado pelo gol, o Furacão chegou a empatar a partida logo depois, mas o assistente pegou o impedimento de David Terans. Até o final da partida, o jogo foi ataque contra defesa e o Athletico lutou até o fim pelo empate. Aos 42 minutos, quando Renato Kayzer recebeu nas costas da defesa, deu um toque por cobertura na saída de Diego Alves e a bola passou raspando na trave.

Nos acréscimos, Diego Alves fez duas grandes defesas, mas saiu mal do gol e Guilherme Bissoli empatou a partida. O atacante aproveitou a falha do goleiro do Flamengo e mandou a bola para o fundo das redes.

FICHA TÉCNICA – 4ª RODADA DO BRASILEIRÃO

Data, horário e local: terça-feira (02/11), às 16h, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Santos; Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolás Hernández (Pedrinho); Marcinho, Erick (Jader), Léo Cittadini (Christian) e Abner (Guilherme Bissoli); Nikão, Renato Kayzer e David Terans. Técnico: Alberto Valentim.

Flamengo: Diego Alves; Isla (Matheuzinho), Gustavo Henrique, Léo Pereira e Ramon; Willian Arão, Andreas Pereira (Rodinei) e Everton Ribeiro (João Gomes); Vitinho (Thiago Maia), Gabigol e Michael (Bruno Viana). Técnico: Renato Gaúcho.

Gol: Gabigol (FLA), aos 17′ e 28′ do primeiro tempo, Renato Kayzer (CAP), aos 17′ do segundo tempo, e Guilherme Bissoli (CAP), aos 49′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: David Terans, Thiago Heleno, Renato Kayzer e Nicolas Hernández (CAP); Léo Pereira (FLA).

Público e renda: 15.193 pessoas; R$ 743.485,00.

Arbitragem: Marielson Alves Silva (BA), auxiliado por Alessandro Álvaro Rocha Matos (BA) e Elicarlos Franco de Oliveira (BA). O árbitro de vídeo é Márcio Henrique de Góis (SP).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="800862" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]