Athletico vence o Internacional e encosta novamente no G4 do Brasileirão; veja os gols

Pedro Melo

Athletico Internacional brasileirão resultado ficha técnica

O Athletico ganhou do Internacional por 2 a 1, na noite deste domingo (25), e voltou a vencer no Campeonato Brasileiro após três jogos. David Terans, em golaço de falta, e Vitinho garantiram a vitória rubro-negra na Arena da Baixada, enquanto Edenílson descontou.

Com a sétima vitória, o Furacão subiu para 23 pontos, somente um a menos que o Red Bull Bragantino, que hoje fecha o G4. O time athleticano ainda tem uma partida a menos contra o Flamengo, que ainda não tem data para ser disputada.

Na próxima rodada, o Athletico visita o vice-líder Atlético-MG, no domingo (01º), às 16h, no Mineirão. Antes, o Rubro-Negro inicia a disputa das oitavas de final da Copa do Brasil contra o Atlético-GO. O jogo de ida acontece na quarta-feira (28), às 16h30, na Arena da Baixada.

DAVID TERANS E VITINHO GARANTEM A VITÓRIA DO ATHLETICO SOBRE O INTERNACIONAL

A primeira chance da partida foi aos 21 minutos, quando David Terans chutou de fora da área e a bola passou perto da trave. Nos minutos seguintes, o Internacional cresceu na partida e quase marcou aos 30. Caio Vidal recebeu cruzamento de Edenílson e cabeceou muito perto da trave.

O Athletico não se intimidou com o bom momento do Inter na partida e abriu o placar em golaço de falta. Aos 36 minutos, David Terans cobrou falta no ângulo esquerdo do goleiro Daniel, que não se mexeu e só viu a bola parar no fundo das redes.


Quatro minutos depois, o Colorado até empatou a partida em um golaço de Caio Vidal. Porém, o árbitro, após olhar o lance no vídeo, marcou falta de Heitor em Vitinho na origem da jogada. Já nos acréscimos, Vitinho aproveitou erro de Victor Cuesta e estufou as redes para ampliar a vantagem rubro-negra.

O Internacional voltou melhor no segundo tempo e quase descontou com apenas dois minutos. Boschilia recebeu na intermediária, chutou com força e a bola explodiu no travessão. A resposta rubro-negra foi com Nikão, aos 10, mas o goleiro Daniel evitou o terceiro gol.

O técnico Diego Aguirre mudou o Inter duas vezes e deixou a equipe com dois centroavantes em campo: Thiago Galhardo e Yuri Alberto. Porém, Yuri Alberto foi para o lado direito de campo e armou a jogada que resultou em pênalti. O atacante invadiu a área, mas Nicolas colocou a mão na bola. Na cobrança da penalidade, Edenílson deslocou Bento e descontou.

O gol aumentou a moral do Inter, que cresceu na partida e perdeu duas boas chances com Thiago Galhardo e Edenílson. Para segurar a vantagem, o Athletico reforçou o sistema defensivo com as entradas de Khellven, Zé Ivaldo e Erick. Com três zagueiros em campo, o Furacão pouco deu espaço para o Inter e garantiu a vitória.

FICHA TÉCNICA – 13ª RODADA DA SÉRIE A DO BRASILEIRÃO

Data, hora e local: domingo (25), às 18h15, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Bento; Marcinho (Khellven), Pedro Henrique, Thiago Heleno e Nicolas; Christian (Erick), Léo Cittadini e David Terans (Feranndo Canesin); Nikão, Matheus Babi (Renato Kayzer) e Vitinho (Zé Ivaldo). Técnico: António Oliveira.

Internacional: Daniel; Heitor, Bruno Méndez, Victor Cuesta e Moisés; Rodrigo Dourado; Edenilson, Boschilia (Juan Cuesta), Caio Vidal (Palacios) e Mauricio (Thiago Galhardo); Yuri Alberto (Vinicius Mello). Técnico: Diego Aguirre.

Gols: David Terans (CAP), aos 36′ do primeiro tempo, Vitinho (CAP), aos 47′ do primeiro tempo, e Edenílson (INT), aos 19′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Matheus Babi, Vitinho, Bento e Renato Kayzer (CAP); Thiago Galhardo, Diego Aguirre, Yuri Alberto e Boschilia (INT).

Arbitragem: Thiago Luis Scarascati (SP), auxiliado por Alex Ang Ribeiro (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP). O responsável pelo VAR é José Cláudio Rocha Filho (SP).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="778107" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]