Athletico derrota o Juventude de virada e volta a vencer no Brasileirão; veja os gols

Pedro Melo

Athletico Juventude Brasileirão resultado ficha técnica

O Athletico venceu o Juventude de virada por 2 a 1, na noite deste sábado (18), e encerrou o jejum de sete partidas no Brasileirão. O Furacão jogou mais da metade da partida com um jogador a mais, saiu atrás no placar, mas garantiu a vitória com gols de Guilherme Bissoli e Renato Kayzer.

Com a vitória, o Rubro-Negro subiu para a oitava colocação, se afastou da zona de rebaixamento e voltou a sonhar com uma vaga na Libertadores. O Furacão tem 27 pontos, somente dois a menos que o Corinthians, que hoje fecha o G6. Porém, o time paulista ainda joga na rodada e pode aumentar a vantagem.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Athletico enfrenta o Grêmio, no dia 26, às 18h15, novamente na Arena da Baixada. Antes, o Rubro-Negro disputa o jogo de ida da semifinal da Sul-Americana contra o Peñarol. O confronto acontece na quinta-feira (23), às 21h30, no estádio Campeón del Siglo, em Montevidéu.

ATHLETICO SAI ATRÁS, MAS VIRA SOBRE O JUVENTUDE NA ARENA

O técnico Marquinhos Santos repetiu a estratégia de outros jogos do Juventude como visitante e pressionou o Athletico já no campo ofensivo. Porém, a primeira chance de gol foi do Furacão. Aos 20 minutos, David Terans chutou no ângulo e Douglas fez grande defesa.

No minuto seguinte, Rafael Forster cometeu falta dura em Nikão e o árbitro deu o cartão vermelho direto após revistar o lance no VAR. Com um a mais, o Rubro-Negro pressionou em busca do gol, mas Douglas salvou novamente chute de Terans aos 36 minutos.

O diretor técnico Paulo Autuori abriu mão do esquema com três zagueiros e trocou Nicolas por Pedro Rocha no intervalo. No início do segundo tempo, o Athletico quase abriu o placar aos cinco minutos. Marcinho cruzou a bola na cabeça de Guilherme Bissoli, que parou em mais uma defesa de Douglas.

O Rubro-Negro se complicou na partida com o pênalti cometido por Marcinho em Guilherme Castilho aos dez minutos. Na cobrança, Ricardo Bueno cobrou no meio do gol, a bola bateu no pé do goleiro Santos e foi para o fundo das redes.

A reação do Athletico foi rápida e o empate saiu sete minutos depois. Paulinho colocou a mão na bola após cruzamento de Abner e o árbitro marcou a penalidade máxima. Guilherme Bissoli também chutou no meio do gol e empatou a partida.

Ainda precisando da vitória, o Athletico colocou Renato Kayzer em campo e ficou com dois centroavantes em campo. E Kayzer precisou de apenas seis minutos para marcar o gol da vitória. Abner cruzou a bola no meio da área, o atacante se antecipou ao goleiro Douglas e cabeceou para dentro da meta.

FICHA TÉCNICA – 21ª RODADA DA SÉRIE A DO BRASILEIRÃO

Data, horário e local: sábado (18), às 18h45, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Santos; Zé Ivaldo, Lucas Fasson e Nicolas (Pedro Rocha); Marcinho (Khellven), Christian (Renato Kayzer), Erick (Richard) e Abner; David Terans (Léo Cittadini), Guilherme Bissoli e Nikão. Técnico: Paulo Autuori.

Juventude: Douglas; Michel Macedo (Fernando Pacheco), Vitor Mendes, Quintero e Rafael Forster; Dawhan, Guilherme Castilho (Wescley), Jadson e Capixaba; Paulinho (Paulo Henrique) e Ricardo Bueno. Técnico: Marquinhos Santos.

Gols: Ricardo Bueno (JUV), aos 10′ do segundo tempo, Guilherme Bissoli (CAP), aos 17′ do segundo tempo, e Renato Kayzer (CAP), aos 25′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Nicolas, Nikão, Erick, Guilherme Bissoli e Zé Ivaldo (CAP); Douglas (JUV).

Cartão vermelho: Rafael Forster (JUV).

Arbitragem: Léo Simão Holanda (CE), auxiliado por Nailton Junior de Sousa Oliveira (CE) e Cleberson do Nascimento Leite (CE). O responsável pelo VAR é Igor Junio Benevenuto de Oliveira (MG).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="790993" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]