Athletico enfrenta o Libertad em 'decisão'; escalações, onde assistir e horário

Athletico precisa da vitória contra o Libertad para seguir vivo por uma vaga nas oitavas da Libertadores - veja onde assistir, horário e prováveis escalações

Pedro Melo - 18 de maio de 2022, 08:30

(José Tramontin/Athletico)
(José Tramontin/Athletico)

O Athletico tem partida decisiva contra o Libertad para se manter vivo na busca por uma vaga nas oitavas de final da Libertadores. O jogo acontece na noite desta quarta-feira (18), às 19h, na Arena da Baixada.

Após a goleada sofrida para o The Strongest por 5 a 0, o Rubro-Negro estacionou nos quatro pontos e caiu para a lanterna do Grupo B. Porém, o Furacão depende apenas de seus próprios resultados e se classifica para as oitavas de final com duas vitórias.

ONDE ASSISTIR AO ATHLETICO NA LIBERTADORES AO VIVO

A partida tem transmissão exclusiva da Conmebol TV, no pay-per-view, com mensalidade de R$ 39,90 para assinantes da Claro/NET, Sky e Directv Go.

O Athletico terá mudanças na escalação em relação ao time que perdeu para o Fluminense no último sábado. O volante Matheus Fernandes, com dores no joelho, e o atacante Vitinho, com lesão na coxa, estão fora. Por outro lado, o meia David Terans, que ficou de fora das últimas partidas, retorna ao time.

Com isso, o técnico Felipão deve escalar o Furacão com Bento; Khellven, Pedro Henrique, Matheus Felipe (Nico Hernández) e Abner; Hugo Moura, Bryan Garcia e David Terans; Canobbio, Pablo e Tomás Cuello.

Do outro lado, o Libertad não conta com o jovem atacante Julio Enciso, de apenas 18 anos, que sofreu uma fratura na mandíbula e vai ficar de fora dos gramados por dois meses. Ele é o artilheiro do Campeonato Paraguaio e seria a principal esperança de gol.

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO X LIBERTAD

Onde assistir ao Athletico na Libertadores: Conmebol TV.

Data, horário e local: quarta-feira (18), às 19h, na Arena da Baixada.

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Matheus Felipe (Nico Hernández) e Abner; Hugo Moura, Bryan Garcia e David Terans; Canobbio, Pablo e Tomás Cuello. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Libertad: Martín Silva; Piris, Diego Viera, Barboza e Samudio; Riveros e Diego Gómez; Bareiro, Merlini e Melgarejo; Óscar Cardozo. Técnico: Daniel Garnero.

Arbitragem: Patricio Loustau (ARG), auxiliado por Ezequiel Brailosky (ARG) e Facundo Rodríguez (ARG).