Athletico: veja a matemática para avançar em primeiro na Libertadores

Rubro-Negro precisa de apenas um empate para avançar em segundo lugar; se ganhar, pode se classificar na liderança

Pedro Melo - 19 de maio de 2022, 08:15

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

A vitória por 2 a 0 sobre o Libertad deixou o Athletico próximo da vaga nas oitavas de final da Libertadores. Com sete pontos, o Rubro-Negro saiu da lanterna para a vice-liderança do Grupo B e depende apenas do próprio resultado na última rodada contra o Caracas para garantir pelo menos a segunda vaga da chave.

Na última rodada, o Athletico enfrenta o Caracas, da Venzeuela, na Arena da Baixada. Um empate já é o suficiente para a classificação às oitavas de final pelo menos em segundo lugar.

Em caso de vitória, o Rubro-Negro pode terminar na liderança e ter vantagem no mata-mata. A primeira possibilidade é ganhar do Caracas e torcer por um tropeço do Libertad contra o The Strongest, em jogo que acontece no Paraguai. E outra é tirar a desvantagem no saldo de gols, em caso de vitória dos paraguaios. O time athleticano está com saldo de -3 contra -1 do atual líder da chave.

Ainda tem o cenário de derrota para o Caracas. Neste caso, o Furacão fica de fora do mata-mata da Libertadores, mas ainda pode se classificar para as oitavas de final da Sul-Americana em caso de derrota do The Strongest para o Libertad. 

"Todos os grupos são difíceis. Pegamos um grupo onde tivemos viagens longas, altitude, rivais difíceis. Mas agora temos a oportunidade de jogar em casa e buscar a classificação, que é o principal objetivo do clube", afirmou o atacante Tomás Cuello, autor do primeiro gol da vitória sobre o Libertad, em entrevista coletiva.

Os jogos entre Athletico x Caracas e Libertad x The Strongest acontecem no próximo dia 26 (quinta-feira), às 19h.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Avaí - domingo (22/05), às 19h, na Arena da Baixada
  • Caracas - quinta-feira (26/05), às 19h, na Arena da Baixada
  • Cuiabá - domingo (29/05), às 18h, na Arena Pantanal