Saiba o que o Athletico precisa para escapar do rebaixamento no Brasileirão

Campeão da Sul-Americana e finalista da Copa do Brasil, o Athletico vive uma situação oposta no Brasileirão e briga para..

Pedro Melo - 01 de dezembro de 2021, 11:00

(José Tramontin/Athletico)
(José Tramontin/Athletico)

Campeão da Sul-Americana e finalista da Copa do Brasil, o Athletico vive uma situação oposta no Brasileirão e briga para escapar da Série B. O Rubro-Negro é apenas o 16º colocado, dois a mais que o Bahia, primeiro time no Z4. Porém, se o time baiano ganhar do líder Atlético-MG na quinta-feira, o Furacão entra em campo no dia seguinte dentro da zona de rebaixamento.

De acordo com o matemático Tristão Garcia, do site Infobola, o 'número mágico' para escapar da Série B é de 45 pontos. Ou seja, o Furacão precisaria de apenas uma vitória para garantir a permanência no Brasileirão. Porém, esse número pode ser não o suficiente em 2021. O risco de queda do Furacão para a segunda divisão hoje é de 16%.

A queda de rendimento do Athletico no Brasileirão aconteceu no momento das partidas decisivas por Sul-Americana e Copa do Brasil e também após a chegada do técnico Alberto Valentim. Com o treinador, o Rubro-Negro tem três vitórias, três empates e sete derrotas, aproveitamento de apenas 30,3%.

O Athletico ainda disputa três partidas no Brasileirão: Cuiabá e Palmeiras, na Arena da Baixada, e Sport, fora de casa. O Cuiabá é um adversário direto na briga contra a queda, o Palmeiras liberou os principais jogadores para as férias e o Sport já está rebaixado para a Série B.

A aposta do Furacão é justamente na dobradinha em casa, com apoio da torcida. "É muito importante para que somamos pontos e nos aproximemos de um número que vai nos deixar tranquilos. O Athletico é muito mais forte com o torcedor, com a Arena lotada, fazendo um verdadeiro Caldeirão. Vamos precisar muito do torcedor para que nos incentive e seja o 12º jogador em campo", afirmou Alberto Valentim.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Cuiabá: 03/12 (sexta-feira), às 19h, na Arena da Baixada
  • Palmeiras: 06/12 (segunda-feira), às 19h, na Arena da Baixada
  • Sport: 09/12 (quinta-feira), às 21h30, na Arena Pernambuco
  • Atlético-MG: 12/12 (domingo), às 17h30, no Mineirão
  • Atlético-MG: 15/12 (quarta-feira), às 21h30, na Arena da Baixada