Internado, Petraglia é punido pelo STJD; Paulo André também pega gancho

Vinicius Cordeiro

paulo andré petraglia athletico

Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo do Athletico, e Paulo André, diretor de futebol do Furacão, foram punidos pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) por reclamação desrespeitosa. Os dois foram julgados nesta quarta-feira (23) pelas críticas a arbitragem do jogo contra o Santos pela 18ª rodada do Brasileirão e pegaram 15 dias de suspensão das suas funções.

Na ocasião, o Athletico usou o time reserva e empatou, por 1 a 1, na Vila Belmiro. Entretanto, o gol dos paulistas saiu em uma cobrança de pênalti que não existiu. O árbitro Rodrigo Carvalhaes de Miranda marcou a penalidade após o atacante Braian Romero derrubar Marinho fora da área.

O lance foi revisado pelo VAR (árbitro de vídeo) e, mesmo assim, a penalidade foi confirmada. Sánchez acertou o pênalti e impediu o triunfo rubro-negro.

Sentindo-se prejudicado, o diretor do clube, Paulo André, manifestou-se na entrevista coletiva, enquanto Petraglia criticou a arbitragem pelas redes sociais.

“Nós fomos garfados aqui. Essa é a palavra. É inadmissível que ele erre esse tipo de lance. Não dá para aceitar. Em nome do clube, me posiciono dessa forma”, disse na ocasião.

PETRAGLIA SEGUE INTERNADO, MAS TEM EVOLUÇÃO NO QUADRO

petraglia quadrilha do relógio athletico-pr
Petraglia está internado desde setembro. (Geraldo Bubniak/AGB)

Vale lembrar que o Mario Celso Petraglia segue internado no Hospital Vila Star, em São Paulo.

Petraglia se recupera de uma série de cirurgias intestinais. A primeira operação foi uma desobstrução de aderências no intestino desde o dia 17, às vésperas da final da Copa do Brasil. Por causa disso, ele não esteve presente em Porto Alegre para acompanhar o título do Athletico na Copa do Brasil.

Depois, ainda internado no Hospital Nossa Senhora das Graças, ele passou por uma operação por uma dobra de alça intestinal. Por fim, ainda em Curitiba, Petraglia sofreu com uma fístula intestinal – o que motivou a transferência para São Paulo. Desde então, ele vem passando por uma série de cirurgias para as trocas de curativo.

Vale lembrar que Petraglia está sob os cuidados do doutor Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo, o mesmo que cuidou do presidente Jair Bolsonaro em sua última cirurgia.

Confira o último boletim, divulgado ontem (23) pelo hospital:

O Hospital Vila Nova Star informa que o paciente Mario Celso Petraglia foi submetido a exame de tomografia nesta quarta-feira (23), a qual evidenciou boas condições intestinais pós operatórias, sendo reintroduzida alimentação oral com dieta líquida. O paciente encontra-se estável, sem dor, afebril e com boa evolução clínico-cirúrgica, sendo transferido para uma ala da UTI de menor complexidade.

Direção médica responsável:
Dr. Antônio Luiz de Vasconcellos Macedo – Cirurgião
Dr. Paulo Hoff – Diretor Clínico do Hospital Vila Nova Star
Dr. Antônio Antonietto – Diretor médico do Hospital Vila Nova Star

Previous ArticleNext Article