Athletico x Peñarol AO VIVO: onde assistir e tempo real da Sul-Americana

Pedro Melo

Athletico Peñarol Sul-Americana ao vivo onde assistir tempo real escalações

O Athletico busca a vaga na final da Conmebol Sul-Americana contra o Peñarol, do Uruguai – saiba onde assistir ao jogo ao vivo, o tempo real e as escalações confirmadas pelos dois treinadores.

A partida acontece na noite desta quinta-feira (30), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). Os torcedores estão proibidos de entrar do estádio, mas se aglomeraram do lado de fora para recepcionar o time.

ONDE ASSISTIR ATHLETICO X PEÑAROL AO VIVO

O jogo entre Athletico e Peñarol tem transmissão exclusiva da Conmebol TV, pay-per-view da Conmebol. O canal está disponível apenas nas operadoras Claro/NET, Sky e Directv GO.

Com a vantagem conquistada em Montevidéu, o Furacão joga pelo empate ou até mesmo derrota por 1 a 0. Do outro lado, o Peñarol tem que ganhar por dois gols de diferença para avançar no tempo normal. Em caso de 2 a 1 para o time uruguaio, a decisão vai para os pênaltis.

Para o confronto, o Rubro-Negro tem força máxima e repete a escalação que ganhou no Uruguai. Os cinco jogadores poupados contra o Grêmio – laterais Marcinho e Abner, zagueiro Pedro Henrique, meia-atacante David Terans e atacante Guilherme Bissoli – e o volante Erick, que cumpriu suspensão no final de semana, retornam ao time titular.

Do outro lado, o Peñarol conseguiu a liberação do meia Cannobio, pego no exame antidoping após o jogo das quartas de final da Sul-Americana contra o Sporting Cristal. E o experiente volante Walter Gargano saiu lesionado do jogo do fim de semana, mas vai para o jogo.

FICHA TÉCNICA – JOGO DE VOLTA DA SEMIFINAL DA SUL-AMERICANA

Onde assistir Athletico x Peñarol ao vivo: Conmebol TV.

Data, horário e local: quinta-feira (30), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Santos; Thiago Heleno, Pedro Henrique e Zé Ivaldo; Marcinho; Richard, Erick, David Terans e Abner; Nikão e Guilherme Bissoli. Técnico: Bruno Lazaroni.

Peñarol: Dawson; Giovanni González, Carlos Rodríguez, Kagelmacher e Ramos; Jesús Trindade, Walter Gargano, Canobbio, Ceppelini e Facundo Torres; Álvarez Martínez. Técnico: Mauricio Larriera.

Arbitragem: Jesus Valenzuela (VEN), auxiliado por Tulio Moreno (VEN) e Lubin Torrealba (VEN). O responsável pelo VAR é Mauro Vigliano (ARG).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="793671" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]