Palmeiras vence Athletico com gol de Raphael Veiga nos acréscimos

Com gol de Raphael Veiga aos 46 minutos do segundo tempo, o Palmeiras venceu o Athletico Paranaense por 1 a 0 na noite d..

Jorge de Sousa - 19 de agosto de 2020, 21:28

Geraldo Bubniak/AGB
Geraldo Bubniak/AGB

Com gol de Raphael Veiga aos 46 minutos do segundo tempo, o Palmeiras venceu o Athletico Paranaense por 1 a 0 na noite desta quarta-feira (19) e conquistou o primeiro triunfo no Campeonato Brasileiro.

O duelo foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixa o Palmeiras com cinco pontos ganhos em três jogos, enquanto o Athletico fica estacionado com seis pontos em quatro partidas disputadas.

As duas equipes entram em campo no próximo fim de semana pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

O Athletico recebe na Arena da Baixada o Fluminense neste sábado (22), enquanto o Palmeiras tem clássico contra o Santos no domingo (23), às 16h.

POUCO FUTEBOL ENTRE ATHLETICO E PALMEIRAS

Palmeiras vence Athletico com gol de Raphael Veiga nos acréscimos Léo Cittadini reclama de pênalti não marcado no segundo tempo. VAR revisou e confirmou lance normal. (Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico mais uma vez buscou propor o jogo, tendo maior posse de bola nos primeiros 45 minutos de jogo. Já o Palmeiras abusou dos chutões e pouco incomodou Santos.

Aos cinco minutos, Carlos Eduardo fez bom pivô para a batida de Léo Cittadini, mas Gustavo Gómez conseguiu travar a finalização na entrada da área.

Lucas Halter teve a principal chance de gol da primeira etapa. Aos 18 minutos, Khellven bateu falta lateral na pequena área e o zagueiro cabeceou torto, perdendo grande oportunidade.

Nikão sentiu uma lesão muscular na coxa e teve que ser substituído aos 29 minutos por Geuvânio.

O Athletico reclamou de penalidade não marcada em Léo Cittadini aos seis minutos. O meia invadiu a área e após dividida com Patrick de Paula, caiu na área. O lance foi revisado pelo VAR e não foi assinalado.

Rony perdeu boa chance para o Palmeiras aos dez minutos. O atacante recebeu na área, ajeitou no peito, mas na hora de finalizar mandou a bola para a linha lateral.

O Palmeiras teve um gol anulado aos 16 minutos. Rony - em posição de impedimento, recebeu lançamento do campo de defesa e serviu de calcanhar Lucas Lima. O meia bateu sem ângulo e a bola passou entre as mãos de Santos. O VAR confirmou o impedimento e anulou a jogada.

Pedrinho teve grande chance para tirar o zero do placar aos 34 minutos. Weverton saiu jogando errado e a bola sobrou para o atacante, que ajeitou no peito e tentou a finalização colocada, mas a bola explodiu no poste esquerdo.

A resposta do Palmeiras veio aos 40 minutos. Raphael Veiga encontrou Ramires na entrada da área e o volante ajeitou para a batida de Gustavo Scarpa, mas o chute veio fraco e Santos fez fácil defesa.

Mas aos 46 minutos, Marcos Rocha cobrou lateral na área e Gustavo Gómez ajeitou de cabeça para Zé Rafael bater. A bola explodiu em Thiago Heleno e sobrou para Raphael Veiga finalizar no canto esquerdo e balançar as redes.

LEIA MAIS: Bayern de Munique passa pelo Lyon e encara o PSG na final da Champions