Nikão marca e Athetico bate o Ceará para reagir no Brasileirão

Vinicius Cordeiro

O Athletico-PR superou o Ceará por 1 a 0 neste sábado (31) e voltou a vencer no Brasileirão. Com gol do meia Nikão, o Furacão interrompeu a série de duas derrotas seguidas (São Paulo e Grêmio). O duelo, válido pela 17.ª rodada, aconteceu na Arena da Baixada e contou com um público de 10.075 pessoas.

O triunfo ainda serve para dar confiança ao Rubro-Negro. Isso porque o Athletico terá a semifinal da Copa do Brasil contra o Grêmio nessa semana.

O jogo decisivo acontece nesta quarta-feira (4), às 19h, na Arena. Na ida, os gaúchos venceram por 2 a 0. Ou seja, o Furacão precisa reverter a vantagem para chegar à final inédita.

TABELA

Com o resultado, o Athletico-PR chega aos 25 pontos e sobe para a oitava posição. Entretanto, o time rubro-negro ainda pode ser ultrapassado pelo Internacional, que enfrenta o Botafogo às 21h.

Na próxima rodada, o Furacão vai enfrentar o líder (provisório) Santos. O jogo está marcado para o próximo domingo (8), às 16h, na Vila Belmiro.

Do outro lado, o Ceará segue com 20 pontos e aparece, provisoriamente, na 13.ª posição. A equipe treinada por Enderson Moreira amargou o terceiro revés consecutivo e terá o Corinthians pela frente. O confronto abre a 18.ª rodada, acontecerá no próximo sábado (7), às 11h, em Itaquera.

VEJA O GOL DO ATHLETICO-PR

O JOGO

O Athletico controlou a posse de bola e, consequentemente, o jogo. A única chance do Ceará foi no primeiro tempo, quando Thiago Galhardo passou por Robson Bambu e exigiu ótima defesa do goleiro Santos.

O Furacão já tinha arrematado com Marcelo Cirino e Rony, mas foi Nikão quem abriu o placar nos acréscimos. Marco Ruben ganhou a disputa com o zagueiro Valdo e cruzou para o meia bater firme e balançar as redes.

Aos quatro minutos da etapa final, Nikão balançou as redes mais uma vez. Rony cobrou o escanteio, o goleiro Diogo Silva falhou no corte e o camisa 11 ficou com a sobra para balançar as redes. O problema foi que o VAR anulou o gol porque a bola bateu no braço de Nikão na hora do domínio.

O Ceará se soltou mais e Chico chegou a assustar aos 18 minutos, mas Santos voltou a aparecer bem. O Ceará se lançou mais em busca do empate e o Athletico-PR explorou o contra-ataque. No final das contas, ninguém balançou as redes e o Rubro-Negro garantiu o triunfo.

athletico pr ceará brasileirão
Marco Ruben não marcou, mas deu assistência para o gol de Nikão. Foto: Miguel Locatelli / Athletico

Previous ArticleNext Article