Dorival Junior aprova Walter no Athletico-PR: “já tentei levar para outros clubes”

Redação

dorival junior athletico walter

O técnico Dorival Júnior elogiou o atacante Walter, possível reforço do Athletico-PR. O atacante não pode assinar contrato enquanto está suspenso por doping – a punição acaba no dia 5 de julho, mas acertou um programa de recuperação física com o Furacão.

“É uma grande iniciativa do Athletico. Eu torço para que ele alcance as suas melhores condições. Eu gosto muito do jogador e já tentei levar ele para outros clubes que trabalhei”, disse Dorival Júnior em entrevista à rádio Transamérica nesta quarta-feira (6).

Walter está há um ano e cinco meses sem entrar em campo, mas o presidente Mario Celso Petraglia decidiu apostar na recuperação do atleta que sempre conviveu com o sobrepeso. A informação foi dada pelo jornalista Napoleão Almeida.

O atacante já atuou pelo Athletico em 2015 e 2016, marcando 16 gols em 73 jogos.  No primeiro ano em Curitiba, Walter caiu nas graças da torcida ao provocar o rival Coritiba após a conquista do título estadual.

“Vou comer cinco coxinhas”, após o Athletico vencer o alviverde por 5 a 0 no placar agregado da decisão.

Walter saiu do Athletico contrariado. Ele foi emprestado ao Goiás após a diretoria se irritar com os problemas com a balança. Depois disso, o atacante passou por Atlético-GO, Paysandu e CSA.

No time alagoano, foi flagrado pelo uso de furosemida e de metabólitos da sibutramina. As substâncias são encontradas em remédios para emagrecer e fizeram com que fosse suspenso por dois anos pelo Tribunal de Justiça Desportiva Antidopagem.

Walter, com a camisa do CSA, atuou em Curitiba na 32ª rodada da Série B em 2018. (Geraldo Bubniak/AGB)

Walter chegará ao Athletico-PR em uma estratégia semelhante a que o clube fez com Adriano ‘Imperador’ em 2014. Na ocasião, Adriano recuperou a condição física e assinou contrato, mas rompeu o acordo após quatro jogos e um gol.

Além disso, o técnico Dorival Júnior tem uma escassez no setor ofensivo devido a saída de Marco Ruben. No início dessa temporada, o titular foi o jovem Guilherme Bissoli, de 22 anos, que foi bem nas primeiras partidas da Libertadores.

DORIVAL DEFENDE ADAPTAÇÃO AO CALENDÁRIO EUROPEU

Dorival Júnior também afirmou que a paralisação do futebol por causa do coronavírus surge como oportunidade para o calendário brasileiro ser equiparado ao europeu.  Segundo o comandante de 58 anos, a tendência é que as competições nacionais sejam ajustadas para 2021.

“Seria uma ótima opção e uma boa oportunidade. Isso já deveria ter sido feito faz tempo”, destacou.

Além disso, Dorival ainda disse que está trabalhando por telefone e reuniões por videochamada durante a pandemia.

Vale lembrar que o Athletico-PR é o segundo colocado do Grupo C da Libertadores e encara o Londrina nas quartas de final do Campeonato Paranaense. Contudo, as competições seguem sem data definida devido ao coronavírus.

Previous ArticleNext Article