Athletico-PR perde para o Corinthians e entra na zona de rebaixamento da Série A

Redação

athletico-pr corinthians

Mesmo com um homem a mais, o Athletico Paranaense perdeu por 1 a 0 para o Corinthians e entrou na zona de rebaixamento da Série A do Campeonato Brasileiro. O jogo, válido pela 16ª rodada e realizado na Arena da Baixada, foi decidido com gol do atacante Everaldo.

Aos 30 minutos da etapa final, Bruno Méndez foi expulso após agredir o atacante Renato Kayser e complicou a vida dos paulistas. Mesmo assim, o Timão chegou ao gol aos 49 minutos do segundo tempo. Everaldo recebeu de Xavier em velocidade e finalizou entre as pernas do goleiro Jandrei.

O Athletico, com o pior ataque do Brasileirão, chegou ao quarto jogo sem vencer. O time acumula derrotas contra Internacional e Flamengo, além do empate contra Ceará – sem contar a Libertadores. O último triunfo foi contra o Bahia no dia 26 de setembro, pela 12ª rodada.

Do outro lado, o Corinthians interrompeu a sequência de cinco jogos sem vitória. O triunfo marcou a estreia do técnico Vágner Mancini, que mostrou algumas melhoras no time em relação aos últimos jogos. Os pontos positivos, principalmente no primeiro tempo, foram as atuações de Lucas Piton e Xavier.

Vágner Mancini fez sua estreia no comando do Corinthians. (Rodolfo Buhrer / La Imagem/Fotoarena/Folhapress)

CLASSIFICAÇÃO E PRÓXIMOS JOGOS

Com o resultado, o Athletico-PR fica com 15 pontos e cai para a 17ª posição da tabela. Do outro lado, o Corinthians chega aos 18 pontos e ultrapassa justamente o Furacão. O Coritiba, que venceu o Palmeiras, é o primeiro time fora do grupo dos quatro últimos colocados.

O Furacão se prepara agora para enfrentar o Atlético Goianiense no próximo sábado (17), às 19h, no estádio Olímpico, em Goiânia. Já o Timão vai encarar o Flamengo no próximo domingo (18), às 16h, na Neo Química Arena.

ATHLETICO-PR PARA EM WALTER E EVERALDO GARANTE TRIUNFO DO CORINTHIANS

Os 45 minutos iniciais foram sem grandes chances de gol. O Corinthians assustou primeiro, logo aos três minutos, quando Mateus Vital soltou uma pancada em cima do goleiro Jandrei. A resposta veio com Geuvânio cinco minutos depois. O atacante bateu firme e Walter espalmou pela linha de fundo. Na última boa chance, Christian chutou rasteiro da entrada da área e o goleiro corintiano fez mais uma boa defesa.

O Athletico melhorou e exigiu duas boas defesas de Walter, nos chutes de Geuvânio e Ravanelli, no início do segundo tempo. O melhor jogador Athletico, no entanto, era o atacante Renato Kayser. Aos 15 minutos, ele saiu na cara do goleiro e viu Walter fazer mais uma intervenção.

O Corinthians cresceu a partir da entrada de Cazares. O meia equatoriano cruzou para Fágner, mas o lateral cabeceou pela linha de fundo. No minuto seguinte, Everaldo chutou nas mãos de Jandrei. O problema para os visitantes foi a expulsão de Bruno Méndez. O zagueiro agrediu Kayser e recebeu o cartão vermelho após consulta da arbitragem ao VAR.

Com um a mais, o Athletico aumentou a pressão e seguiu parando em Walter. No fim, o Timão se aproximou da vitória. Aos 40 minutos do segundo tempo, Fagner desceu pelo lado direito e bateu firme, mas viu Thiago Heleno travar o chute com um carrinho.

No último minuto, o Corinthians chegou ao gol. Xavier ganhou a disputa pela bola e deu ótimo passe para Everaldo sair na cara do gol e bater no meio das pernas do goleiro Jandrei.

ATHLETICO-PR x CORINTHIANS

Ficha técnica

Athletico: Jandrei; Erick, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner Vinícius (João Victor); Wellington (Walter), Christian e Léo Cittadini (Ravanelli); Geuvânio (Carlos Eduardo), Fabinho (Pedrinho) e Renato Kayzer. Técnico: Eduardo Barros.

Corinthians:  Walter; Fagner, Bruno Méndez, Gil e Lucas Piton; Xavier, Ramiro (Cazares) e Éderson (Camacho); Mateus Vital (Marlon), Léo Natel (Everaldo) e Jô (Boselli). Técnico: Vágner Mancini.

Cartões amarelos: Erick e Abner (Athletico); Ramiro e Mateus Vital (Corinthians).

Gols: Everaldo, aos 49 minutos da etapa final.

Previous ArticleNext Article