Athletico lamenta processo de Tiago Nunes e diz que cumpriu todas as suas obrigações

Vinicius Cordeiro

tiago nunes athletico processo

O Athletico Paranaense soltou uma nota em seu site oficial declarando que não deve nada ao técnico Tiago Nunes, atualmente no Corinthians. O treinador de 39 anos entrou na Justiça para cobrar mais de R$ 1 milhão do Furacão. Ele alega que não recebeu a bonificação pelo título da Copa do Brasil em 2019 e outros direitos trabalhistas. Contudo, o clube alega que ‘cumpriu todas as obrigações contratuais’.

“O Club Athletico Paranaense esclarece que absolutamente todas as obrigações legais e contratuais com o profissional foram cumpridas com o rigor de praxe”, diz a nota.

O clube também alega que Tiago Nunes era contratado como pessoa jurídica. Portanto, na visão do Athletico, o técnico não teria direito de férias ou 13º. Além disso, também diz que os documentos presentes no processo estão sem assinatura por parte do Rubro-Negro.

Por fim, o Athletico diz que a defesa de Tiago Nunes deveria ter pedido segredo de justiça no processo para não constranger o clube. “O Athletico lamenta profundamente o ocorrido e adotará todas as medidas jurídicas cabíveis para reparar todos os transtornos causados à Instituição, aos atletas e aos colaboradores”, conclui o texto.

TIAGO NUNES x ATHLETICO

A relação entre o técnico e clube desandou em uma reunião no início de novembro, quando Tiago Nunes não quis renovar o contrato para 2020. Mario Celso Petraglia, presidente do Conselho Deliberativo, optou pelo desligamento imediato do treinador, o que impediu que Tiago comandasse a equipe nas oito rodadas finais do Campeonato Brasileiro.

Depois disso, o Athletico soltou uma nota em seu site que atacava Tiago Nunes. “A memória é curta no futebol. Tiago Nunes esqueceu muito rápido que poucos meses atrás treinava o time Sub-19 do Furacão. Gratidão é a voz do coração”, diz um trecho da mensagem.

No dia seguinte, Tiago lamentou o texto e disse que já esperava o tom da mensagem. “Se existia tanto rancor, não seria o momento de permanecer”, retrucou.

Ele deu entrevista em um hotel de Curitiba após o Athletico negar suas dependências (CT do Caju e Arena da Baixada) para realizar a coletiva. Dias depois, ele acabou sendo anunciado como técnico do Corinthians.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="681027" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]