Athletico-PR empata com Ceará e se reaproxima da zona de rebaixamento

Jorge de Sousa

Athletico-PR empata com Ceará e se reaproxima da zona de rebaixamento

Athletico-PR e Ceará não saíram do 0 a 0 na noite desta quinta-feira (8) e se aproximaram da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

O duelo foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O empate mantém as duas equipes na zona intermediária da tabela. O Athletico-PR em 12º e o Ceará em 14º, ambos com 15 pontos ganhos – embora o Furacão tenha um jogo a menos.

Com 15 pontos também aparecem Bahia, Corinthians, Atlético Goianiense e Botafogo – esse último já na zona de rebaixamento.

As duas equipes voltam a campo às 20h30 do próximo domingo (11), pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O Athletico-PR viaja para enfrentar o Internacional no Beira-Rio, enquanto o Ceará recebe o Corinthians no Castelão.

ATHLETICO-PR E CEARÁ PECAM NAS FINALIZAÇÕES NO EMPATE

O Ceará levou perigo logo no primeiro minuto. Fabinho lançou Fernando Sobral em bola longa e o meia tentou a batida por cobertura, mas a finalização saiu por cima da meta.

Bruno Pacheco quase entregou boa chance ao Athletico-PR. Abner Vinícius cruzou da esquerda e o lateral errou o corte, mas conseguiu se recuperar antes da roubada de bola na área.

Jandrei salvou o Athletico-PR aos 18 minutos. Rafael Sóbis rolou para Ricardinho bater de primeira, o goleiro espalmar e a bola bater na trave e sair.

Fabinho teve grande chance para abrir o placar aos 43 minutos. Jorginho foi lançado, tentou limpar a jogada mas chutou em cima de Eduardo Brock. O rebote sobrou para o atacante, mas a finalização subiu demais.

Logo aos quatro minutos do segundo tempo, Rafael Sóbis teve grande chance para desempatar o jogo. Vinícius cobrou escanteio fechado, Jandrei afastou mal de soco e a bola sobrou limpa para o atacante na pequena área, mas o chute passou por cima do travessão.

O Athletico-PR respondeu aos nove minutos. Fabinho avançou pela direita e cruzou rasteiro para a entrada da área, encontrando Léo Cittadini. O meia chegou batendo de primeira e mandou a bola por cima do gol.

Novamente a bola parada do Ceará levou perigo. Aos 28 minutos, Vinícius bateu escanteio no primeiro poste, Eduardo escorou para trás, só que antes de Luiz Otávio fechar no segundo poste, Abner Vinícius fez o corte junto ao poste direito.

Vinícius protagonizou outra chance aos 33 minutos. Após sofrer falta na entrada da área, o meia bateu firme buscando o ângulo direito, mas a bola foi para fora.

Jandrei apareceu novamente aos 36 minutos. Matheus Gonçalves foi lançado na direita, cortou a marcação e bateu cruzado para o goleiro espalmar.

Eduardo Brock teve a última chance para garantir a vitória do Ceará. Aos 42 minutos, Vinícius bateu falta da direita e o zagueiro apareceu livre na pequena áres, mas cabeceou à esquerda da meta.

LEIA MAIS: Coritiba perde para o Grêmio e se afunda no Z-4

Previous ArticleNext Article