Athletico empata em casa com o Bragantino e segue em terceiro no Brasileirão

Pedro Melo

Athletico Bragantino empate Brasileirão resultado

O Athletico empatou com o Red Bull Bragantino em 2 a 2, neste sábado (10), e perdeu a chance de voltar para a vice-liderança do Brasileirão. Nikão e David Terans fizeram para o Rubro-Negro e Alerrandro e Ytalo balançaram as redes para a equipe paulista.

Com o segundo tropeço consecutivo, o Furacão permanece em terceiro lugar, com 20 pontos, atrás do Palmeiras, com 25, e do próprio Bragantino, com 23. A equipe athleticana ainda tem um jogo a menos contra o Flamengo, que ainda não tem data para acontecer.

Na próxima rodada do Brasileirão, o Athletico joga contra o Internacional, no domingo (19), às 18h15, e o Red Bull Bragantino recebe o Santos, às 20h30 do mesmo dia. Porém, as duas equipes jogam no meio da semana pelas oitavas de final da Sul-Americana.

FURACÃO SAI ATRÁS, VIRA A PARTIDA, MAS FICA NO EMPATE COM O BRAGANTINO

Mesmo jogando fora de casa e apostando na velocidade de seus atletas, o Bragantino começou a partida melhor na Arena da Baixada. Logo aos quatro minutos, Artur recebeu de Helinho, puxou para o meio e chutou muito perto da trave. A resposta do Athletico foi aos sete, mas Nikão chutou fraco e facilitou a vida do goleiro Cleiton.

Alerrandro tentou em cobrança de falta aos 16 minutos e Bento defendeu sem dar rebote. Porém, aos 27, o goleiro do Athletico nada pode fazer. O camisa 9 do Bragantino recebeu a bola na intermediária e chutou no ângulo esquerdo, sem chances para o goleiro rubro-negro.

O Athletico encontrou dificuldades durante o primeiro tempo para levar perigo, mas conseguiu o empate nos acréscimos. David Terans fez boa jogada e tocou para Nikão, que puxou para a perna direita e chutou cruzado. A bola bateu na trave e estufou as redes.

Na etapa final, o Bragantino diminuiu o ritmo de jogo por cansaço físico dos jogadores e o Rubro-Negro aproveitou para virar a partida. Aos 24 minutos, o sistema ofensivo do Furacão trocou passes até a bola chegar em David Terans, que finalizou no contrapé de Cleiton.

Logo após levar a virada, o técnico Maurílio Barbieri realizou três mudanças e deu gás novo para a equipe paulista. Aos 33, Leandrinho arriscou chute de fora da área e Bento fez grande defesa. No minuto seguinte, Ytalo, ex-Athletico, recebeu passe e chutou na saída do goleiro para empatar novamente a partida.

Na reta final, o jogo ficou equilibrado e o Bragantino chegou a marcar o gol da vitória com Pedrinho, outro ex-jogador do Furacão. Porém, o árbitro anulou por impedimento do atacante.

FICHA TÉCNICA – ATHLETICO 2X2 RED BULL BRAGANTINO

Série A do Campeonato Brasileiro – 11ª rodada

Data, hora e local: sábado (10), às 17h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Bento; Marcinho, Zé Ivaldo, Thiago Heleno e Nicolas; Richard, Christian (Léo Cittadini) e David Terans (Carlos Eduardo); Nikão, Matheus Babi (Renato Kayzer) e Vitinho. Técnico: António Oliveira.

Red Bull Bragantino: Cleiton; Weverton (Guilherme), Fabrício Bruno, Natan e Weverton; Eric Ramires (Jadsom), Praxedes (Leandrinho) e Lucas Evangelista; Artur (Pedrinho), Alerrandro (Ytalo) e Helinho. Técnico: Maurício Barbieri.

Gols: Alerrandro (RBB), aos 27′ do primeiro tempo, Nikão (CAP), aos 46′ do primeiro tempo, David Terans (CAP), aos 24′ do segundo tempo, e Ytalo (RBB), aos 34′ do segundo tempo.

Cartões amarelos: Weverton e Artur (RBB).

Arbitragem: Vinicius Gomes do Amaral (RS), auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi (RS) e André da Silva Bittencourt (RS). O responsável pelo VAR é Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="774875" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]