Athletico tem desfalques no ataque diante do Tocantinópolis

O Athletico tem dois desfalques no ataque para a partida contra o Tocantinópolis, nesta terça-feira (10), às 21h30, pela terceira fase da Copa do Brasil

Pedro Melo - 09 de maio de 2022, 22:08

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico tem dois desfalques no ataque para a partida contra o Tocantinópolis, nesta terça-feira (10), às 21h30, pela terceira fase da Copa do Brasil. O técnico Luiz Felipe Scolari, o Felipão, já sabe que não conta com os atacantes Marcelo Cirino e Vitor Roque.

Marcelo Cirino machucou a coxa ainda no primeiro tempo da vitória sobre o Ceará e permanece no departamento médico. E Vitor Roque, que foi o substituto na partida de sábado, não pode disputar mais a Copa do Brasil por já ter jogado pela Copa do Brasil. A tendência é que Pablo seja o centroavante titular.

Felipão deve escalar um time misto em sua estreia no comando do Athletico. Ainda sob orientação de Fábio Carille, o Rubro-Negro goleou o Tocantinópolis por 5 a 2 e pode perder por até dois gols de diferença que ainda garante a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil.

A partida da Copa do Brasil ainda marca uma maratona de seis jogos em apenas 19 dias para o Furacão. Depois do Tocantinópolis, o time athleticano entra em campo três vezes pelo Campeonato Brasileiro - Fluminense, Avaí e Cuiabá - e duas pela Libertadores - Libertad e Caracas.

"Confio plenamente que temos chance de nos classificar em todas as competições, temos chance de melhorar no Brasileiro. Já começamos com uma vitória sobre o Ceará que é um time difícil, um time que trabalha bem a bola, bem organizado", afirmou Felipão, em entrevista ao Furacão Live.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Tocantinópolis - terça-feira (10/05), às 21h30, na Arena da Baixada
  • Fluminense - sábado (14/05), às 21h, no Raulino de Oliveira
  • Libertad - quarta-feira (18/05), às 21h, na Arena da Baixada
  • Avaí - domingo (22/05), às 19h, na Arena da Baixada
  • Caracas - quinta-feira (26/05), às 19h, na Arena da Baixada