Athletico estreia com empate na Libertadores pela segunda vez na história

Essa é a quinta vez, sendo o segundo empate, em oito participações que o Athletico começa a participação na Libertadores sem vitória

Pedro Melo - 06 de abril de 2022, 10:15

O Athletico até teve as melhores chances, mas parou em grande atuação do goleiro Baroja e estreou na Libertadores apenas com empate em 0 a 0 diante do Caracas. Essa é a quinta vez, sendo o segundo empate, em oito participações que o Rubro-Negro começa a participação do torneio continental sem vitória.

Além do jogo na Venezuela, a outra vez que o Furacão iniciou a Libertadores com empate foi em 2005, quando ficou no 2 a 2 com o Independente Medellín, na Colômbia. Por curiosidade, essa foi a melhor campanha do clube paranaense na história da Libertadores. O time athleticano chegou até a final, mas perdeu para o São Paulo.

Os outros três tropeços na estreia em Libertadores foram derrotas. Em 2002, logo após ser campeão brasileiro, o Rubro-Negro perdeu para o Bolívar por 2 a 1 e caiu ainda na fase de grupos. Em 2014, caiu para o Sporting Cristal por 2 a 1, mas devolveu o placar e venceu nos pênaltis ainda na fase prévia. E em 2019, foi derrotado pelo Tolima por 1 a 0, avançou para as oitavas de final e eliminado pelo Boca Juniors.

Já as vitórias do Athletico aconteceram em 2000, na primeira participação, por 3 a 0 sobre o Alianza Lima, do Peru, em 2017 por 1 a 0 diante do Millonarios, da Colômbia, e em 2020 também por 1 a 0 contra o Peñarol, do Uruguai.

O Athletico volta a campo pela Libertadores no dia 14, às 19h, para enfrentar o The Strongest, na Arena da Baixada.

CONFIRA TODAS AS ESTREIAS DO ATHLETICO EM LIBERTADORES

  • 2000 - Alianza Lima 0x3 Athletico
  • 2002 - Athletico 1x2 Bolívar
  • 2005 - Independiente Medellín 2x2 Athletico
  • 2014 - Sporting Cristal 2x1 Athletico (fase prévia)
  • 2017 - Athletico 1x0 Millonarios (fase prévia)
  • 2019 - Tolima 1x0 Athletico
  • 2020 - Athletico 1x0 Peñarol
  • 2022 - Caracas 0x0 Athletico