Athletico domina o Santos e abre vantagem nas quartas da Copa do Brasil; veja o gol

Pedro Melo

Athletico Santos Copa do Brasil gol Renato Kayzer resultado ficha técnica

O Athletico derrotou o Santos por 1 a 0, na noite desta quarta-feira (25), na Arena da Baixada, e abriu vantagem mínima no confronto das quartas de final da Copa do Brasil. Apesar da ampla superioridade na partida e das diversas chances criadas, o Rubro-Negro só balançou as redes com Renato Kayzer.

Com a vantagem, o Furacão joga pelo empate na partida de volta para avançar à semifinal contra o vencedor de Grêmio e Flamengo. Já o Alvinegro tem que ganhar por dois gols de diferença para se classificar ainda no tempo normal. Em caso de vitória santista por um gol, a decisão vai para os pênaltis.

A partida de volta das quartas de final da Copa do Brasil acontece apenas no dia 14 de setembro, às 21h30, na Vila Belmiro. Enquanto isso, os dois times focam no Brasileirão. O Athletico enfrenta o Palmeiras, no sábado (28), às 21h, no Allianz Parque, e o Santos recebe o Flamengo, também no sábado, às 19h, na Vila Belmiro.

ATHLETICO CRIA DIVERSAS CHANCES, MAS VENCE O SANTOS PELO PLACAR MÍNIMO

O Athletico teve um início arrasador e quase abriu o placar com apenas três minutos. O jovem Jader, que fez sua primeira partida como titular no profissional, avançou com tranquilidade e acertou a trave. Já aos oito, Madson tentou afastar e João Paulo evitou o gol contra. No rebote, Nikão cortou para o meio, chutou rasteiro e o goleiro santista salvou novamente.

A pressão rubro-negra seguiu e Thiago Heleno quase marcou um golaço de atrás do meio-campo. Porém, João Paulo mandou para escanteio. Na sequência, Nikão cobrou escanteio na primeira trave, Richard desviou para a pequena área e Renato Kayzer completou para o fundo das redes.


O Santos até tentou sair do campo de defesa após sofrer o gol, mas quase não levou perigo para a meta adversária. Já o Furacão aproveitou os erros na saída defensiva e criou chances para marcar o segundo. Nikão mandou perto da trave aos 34 e 40, enquanto Christian parou na boa defesa de João Paulo aos 41.

O segundo tempo começou da mesma forma que terminou o primeiro: domínio total do Athletico. Logo no minuto inicial, Marcinho recebeu passe de Nikão, chutou cruzado e João Paulo defendeu.

Aos 20, a arbitragem virou alvo de polêmica. A bola bateu no braço de Renato Kayzer dentro da área, mas o árbitro Marcelo de Lima Henrique, muito perto do lance, mandou o jogo seguir. A decisão da arbitragem revoltou o time santista.

No decorrer da etapa final, o Santos percorreu mais o campo de ataque, mas criou poucas chances de empatar. Já o Athletico até aproveitou os espaços deixados pela santista para marcar o segundo gol. Porém, o assistente flagrou o impedimento de Vinicius Mingotti.

FICHA TÉCNICA – JOGO DE IDA DAS QUARTAS DE FINAL DA COPA DO BRASIL

Data, hora e local: quarta-feira (25), às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Santos; Marcinho, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard (Erick), Christian (Fernando Canesin) e David Terans (Vinicius Mingotti); Nikão, Renato Kayzer (Pedro Rocha) e Jader (Léo Cittadini). Técnico: António Oliveira.

Santos: João Paulo; Madson, Luiz Felipe (Robson Reis), Wagner Leonardo e Felipe Jonatan; Jean Mota (Raniel), Carlos Sánchez (Ângelo) e Gabriel Pirani (Ivonei); Marcos Guilherme, Marcos Leonardo e Lucas Braga. Técnico: Fernando Diniz.

Gol: Renato Kayzer (CAP), aos 16′ do primeiro tempo.

Cartões amarelos: Richard (CAP); Wagner Leonardo (SAN).

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (RJ), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Márcia Bezerra Lopes Caetano (RO). O árbitro de vídeo é Rodrigo Nunes de Sá (RJ).

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="785799" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]