Athletico empata com Botafogo e completa sete jogos sem vitória no Brasileiro

Jorge de Sousa


O Athletico empatou com o Botafogo em 1 a 1 na tarde desta quarta-feira (9) e completou sete partidas sem vencer no Campeonato Brasileiro.

Victor Luis (de pênalti) abriu o placar para o Botafogo e Ravanelli empatou para o Athletico. Nikão teve a chance de garantir a vitória do Athletico em cobrança de pênalti, mas isolou a cobrança.

O duelo foi realizado na Arena da Baixada, em Curitiba, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O empate deixa o Athletico com oito pontos pontos ganhos, na 16ª posição e a equipe pode terminar a rodada na zona de rebaixamento. Já o Botafogo soma nove pontos e está uma posição acima do rubro-negro na tabela.

As duas equipes entram em campo neste final de semana pela décima rodada do Campeonato Brasileiro.

O Athletico tem o clássico contra o Coritiba neste sábado (12), às 16h30. O Botafogo também tem duelo estadual, contra o Vasco, neste domingo (13), às 20h30.

NIKÃO PERDE CHANCE DA VITÓRIA DO ATHLETICO

A primeira chance do jogo foi criada pelo Athletico logo aos dois minutos. Fabinho invadiu a área pelo centro e finalizou cruzado para Diego Cavalieri defender em dois tempos.

Nova boa intervenção de Cavalieri aos 24 minutos. Nikão fez fila pela direita e finalizou firme para o goleiro espalmar para a linha de fundo.

A primeira finalização para o gol do Botafogo saiu apenas aos 27 minutos. Kevin arriscou da intermediária e Santos fez a defesa em dois tempos.

A melhor chance da primeira etapa foi criada aos 27 minutos. Márcio Azevedo cruzou na medida para Léo Cittadini, que fez o giro sobre a marcação e finalizou perto do travessão.

O Botafogo teve um gol anulado aos 45 minutos. Kevin lançou Caio Alexandre na esquerda e o volante cruzou na medida para Bruno Nazário completar para as redes.

Mas o VAR revisou o lance e apontou impedimento de Caio Alexandre na jogada.

Bruno Nazário teve a primeira chance da primeira etapa. Aos nove minutos, Kanu fez lançamento da defesa, mas o meia perdeu a passada e finalizou em cima da marcação.

Santos salvou o Athletico aos 28 minutos. Rhuan fez bela jogada pelo centro e lançou Bruno Nazário na área, mas o goleiro se antecipou e abafou a finalização.

O Botafogo teve um pênalti marcado aos 31 minutos. Rhuan invadiu a área e foi derrubado por Jaime Alvarado. Victor Luis pediu a bola e bateu firme no canto esquerdo, com Santos caindo para o lado esquerdo.

Quase o Botafogo ampliou aos 41 minutos. Victor Luis aproveitou rebote na entrada da área e mandou a bola perto do poste esquerdo de Santos.

Só que aos 42 minutos, Cristian lançou Geuvânio na direita e o atacante cruzou rasteiro para Ravanelli finalizar firme para balançar as redes e empatar o duelo.

Já aos 43 minutos, Geuvânio finalizou cruzado e a bola explodiu no braço de Rafael Forster. Após revisão no VAR, a arbitragem assinalou a penalidade.

Nikão foi para a bola, mas mandou por cima da meta e perdeu a chance da virada na Arena da Baixada.

O Athletico ainda teve mais uma chance aos 50 minutos. Geuvânio recebeu na direita, cortou para dentro e da entrada da área, finalizou com efeito, mas a bola carimbou o travessão.

LEIA MAIS: Neymar constrói boate subterrânea em sua mansão em Mangaratiba para curtir com ‘parças’

Previous ArticleNext Article