Athletico tem melhor defesa do Paranaense, mas sofre com falta de pontaria

O Athletico é o único time que não levou gols e tem a melhor defesa do Paranaense, mas marcou somente um gol e tem um dos piores ataques do estadual

Pedro Melo - 30 de janeiro de 2022, 15:30

(Fábio Wosniak/Athletico)
(Fábio Wosniak/Athletico)

O Athletico vive duas situações distintas após três rodadas do Campeonato Paranaense: tem uma defesa sólida, que ainda não foi vazada, mas marcou somente um gol e sofre com a falta de pontaria.

O único gol do Rubro-Negro até o momento no estadual foi marcado pelo atacante Rômulo, já nos acréscimos do segundo tempo no clássico com o Paraná Clube. Nos dois jogos seguintes, o Furacão até criou chances contra Maringá e Independente São Joseense, porém, não balançou as redes.

“Como a partida contra o Maringá, jogamos bastante no campo do adversário, praticamente os dois tempos de uma forma geral. Criamos situações de finalização, mas não conseguimos concluir bem. Quando conseguimos fazer o gol, estava impedimento. Tivemos chutes de média distância”, afirmou o técnico James Freitas.

O treinador admitiu que o Athletico precisa melhorar a pontaria para a sequência do estadual. “Fica a lição para buscarmos uma melhor pontaria, trabalhar esses dias que tivermos para o jogo contra o Londrina”, comentou. “Temos que refinar este último toque, a última finalização”, acrescentou.

Por outro lado, o sistema defensivo se mostrou muito eficiente e o Rubro-Negro é o único time que ainda sofreu gols no Campeonato Paranaense. De acordo com o zagueiro Lucas Fasson, o mérito não é apenas dos defensores. “O segredo não é só defesa, é o time todo trabalhando em conjunto para não tomar gols. Vamos trabalhar bem forte para que isso não aconteça e continue assim”, declarou.

O Athletico já volta a campo pelo Campeonato Paranaense na próxima quinta-feira (03), às 21h30, para enfrentar o líder Londrina, no estádio do Café.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Londrina: 03/02, às 21h30, no estádio do Café
  • União: 06/02, às 19h, na Arena da Baixada
  • Rio Branco: 10/02, às 21h30, na Arena da Baixada
  • Azuriz: 13/02, às 16h, no estádio dos Pioneiros