Athletico começa 'era Felipão' com goleada e avança na Copa do Brasil

O Athletico começou a 'era Felipão' com goleada por 4 a 0 sobre o Tocantinópolis e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil

Pedro Melo - 10 de maio de 2022, 23:18

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico começou a 'era Felipão' com goleada por 4 a 0 sobre o Tocantinópolis e garantiu a classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil. Com a vitória na ida por 5 a 2, o Rubro-Negro fechou o confronto em 9 a 2.

Os gols da partida na Arena da Baixada foram de Hugo Moura, Khellven e Pablo, duas vezes.

A classificação para as oitavas de final da Copa do Brasil rende R$ 3 milhões aos cofres do Furacão. O próximo adversário em busca do bicampeonato será definido em sorteio nas próximas semanas na sede da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Sem muito tempo para comemorar, Felipão tem poucos dias de preparação até a próxima partida do Athletico. O Rubro-Negro joga novamente no sábado (14), às 21h, contra o Fluminense, pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro.

PABLO DESENCANTA E ATHLETICO AVANÇA COM FACILIDADE NA COPA DO BRASIL

Mesmo com um time alternativo, o Athletico dominou a partida desde o apito inicial e teve a chance de tirar o zero do placar logo aos quatro minutos. Tomás Cuello tocou de calcanhar para Abner, que invadiu a área e cruzou rasteiro. Pablo, debaixo da trave, furou o chute.

A pressão rubro-negra continuou e o primeiro gol saiu aos 26 minutos. Tomás Cuello recebeu passe de Marlos e parou em grande defesa com os pés de Jefferson. Na sobra, Hugo Moura ajeitou para a perna esquerda e chutou cruzado para estufar a rede.

Depois do gol, o Furacão manteve o controle total da partida e marcou mais duas vezes antes do intervalo. Aos 39, Khellven ficou com a sobra e chutou forte para fazer o segundo. E praticamente no último lance, Pablo aproveitou erro da defesa, ajeitou e chutou rasteiro no canto direito. O atacante pediu desculpas pela torcida e comemorou o fim do jejum.

Ainda no intervalo, Felipão mudou duas peças para rodar o elenco e promoveu a estreia do zagueiro Dedé com a camisa rubro-negra. Com bola rolando, o segundo tempo teve uma intensidade menor, mas o suficiente para o Athletico transformar a vitória em goleada. Aos nove minutos, Khellven recebeu na ponta direita e cruzou para Pablo, que, livre de marcação, cabeceou para o fundo da rede.

E com o confronto decidido e a partida em ritmo mais lento, Felipão até promoveu o retorno aos gramados de Matheus Babi, que ficou quase um ano sem jogar por grave lesão.

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO 4X0 TOCANTINÓPOLIS

Data, horário e local: terça-feira (10), às 21h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique (Dedé), Nico Hernández e Abner (Pedrinho); Hugo Moura (Erick), Matheus Fernandes e Marlos (Vitor Bueno); Pedro Rocha, Pablo (Matheus Babi) e Tomás Cuello. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Tocantinópolis: Jefferson; Marcinho, Betão, Wanderson e Chico Bala; Pedro Dias, Rômulo (Bideli) e Raí (Da Silva); Alan Maia (Everson Bilau), Everson Bambelo (Jheimy) e Elifran (Dedé). Técnico: Jairo Nascimento.

Gols: Hugo Moura (CAP), aos 26' do primeiro tempo, Khellven (CAP), aos 39' do primeiro tempo, e Pablo (CAP), aos 44' do primeiro tempo e 9' do segundo tempo.

Arbitragem: Alexandre Vargas Tavares de Jesus (RJ), auxiliado por Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ).

Público e renda: 10.984 pagantes/11.813 presentes/R$ 163.125,00.