Athletico toma três do River e é vice da Recopa

Vinicius Cordeiro

Recopa

Athletico perdeu para o River Plate por 3 a 0 nesta quinta-feira (30) e acabou sendo vice-campeão da Recopa Sul-Americana 2019. Ignacio FernándezLucas Pratto e Matías Suárez anotaram os gols que decretaram o terceiro título da história do clube argentino.

Apenas o Boca Juniors, maior rival do River, conquistou a competição mais vezes, com quatro conquistas.

PÉSSIMO DESFECHO

O primeiro gol dos argentinos saiu em um pênalti assinalado com a ajuda do árbitro de vídeo (VAR). Nacho Fernández aproveitou o rebote da própria cobrança para balançar as redes.

Sem criar boas chances no ataque, o Athletico aguentou o sufoco como dava, mas acabou sendo batido no final.

Aos 45 minutos da etapa final, Pratto deu a vantagem para os mandantes em um arremate firme, sem chances para Santos. Detalhe: o tento saiu um minuto depois de uma grande chance desperdiçada por Léo Cittadini. O meio campista entrou no lugar de Lucho González, bastante aplaudido pela torcida argentina, e chutou fraco após a jogada armada por Marcelo Cirino. Seria o gol do título rubro-negro.

Depois disso, o Athletico teve um apagão: em um chutão do goleiro Armani, o zagueiro Paulo André falhou no corte e Suárez acabou marcando terceiro aos 48.

PREMIAÇÃO

Vale lembrar que a Recopa é o duelo entre o campeão da Libertadores da América e o campeão da Copa Sul-Americana do ano anterior. Com o segundo lugar na competição, o Athletico embolsa US$ 750 mil, algo em torno de R$ 3 milhões. Do outro lado, o River lucra US$ 1,25 milhão, cerca de R$ 5,1 milhões.

Essa foi a terceira Recopa conquistada pelo River sob comando do técnico Marcelo Gallardo – as edições 2015 e 2016 já pertencem aos argentinos.

BRASILEIRÃO

O Athletico volta suas atenções para o Brasileirão. No próximo domingo (2/6), às 16h, Rubro-Negro encara o Fluminense na Arena da Baixada.

 

Previous ArticleNext Article