Athletico faz três no Operário e segue imparável na Taça Krüger

Vinicius Cordeiro


O Athletico está invencível na Taça Dirceu Krüger, o segundo turno do Campeonato Paranaense 2019. O Furacão fez 3 a 0 contra o Operário nesta quarta-feira (20) e somou o terceiro triunfo seguido no torneio. O duelo, válido pela terceira rodada, aconteceu na Arena da Baixada, em Curitiba, e contou com a presença de 6.263 pessoas. O meia Marquinhos, duas vezes, e o zagueiro Lucas Halter anotaram os gols do triunfo.

Único invicto nesse returno, o Rubro-Negro soma 15 gols marcados e apenas dois sofridos em 270 minutos. Ou seja, o time de aspirantes, comandado pelo técnico Rafael Guanaes, tem média de balançar as redes rivais a cada 18 minutos. Em contra partida, sofre um gol a cada 135 minutos, o equivalente a um jogo e meio.

Com o fim desta rodada no Grupo A, o Athletico segue líder isolado com 9 pontos conquistados. Com 7 pontos, o Londrina é o segundo colocado. Foz e Operário, com 4 pontos cada, aparecem na sequência. O Toledo, com um ponto somado, e o Maringá, ainda sem pontuar, completam a chave.

Na próxima rodada, a penúltima da Taça Krüger, o Athletico encara o Foz do Iguaçu. O jogo está marcado para às 18h deste sábado (23), na Arena.

No domingo (24), às 16h, o Operário tenta se recuperar contra o Maringá, no estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa. No mesmo dia e horário, Toledo e Londrina se enfrentam no 14 de Dezembro.

Furacão venceu o Fantasma por 3 a 0 nesta quarta-feira. Confira as imagens do fotógrafo Geraldo Bubniak na Arena.Leia: https://bit.ly/2HQwMBt

Publicado por Paraná Portal em Quarta-feira, 20 de março de 2019

O jogo

O Athletico abriu o placar logo aos três minutos. O lateral direito Khellven cobrou o escanteio na área e Lucas Halter pegou de primeira para fuzilar as redes e anotar um golaço.

Aos 22, o jogo entrou em um ritmo forte. Primeiro o Fantasma chegou ao empate com Batatinha, mas a arbitragem invalidou o gol por impedimento do atacante.

No minuto seguinte, Batatinha perdeu outra grande chance. Ele saiu cara a cara com o goleiro, mas chutou em cima do camisa 1.

O Furacão acordou e assustou aos 25, quando Léo Cittadini carimbou a trave do goleiro Simão. A pressão funcionou e, um minuto mais tarde, a vantagem foi ampliada. Marquinho sofreu falta perto da grande área e ele mesmo foi para a cobrança. Em um lindo chute, o camisa 10 fez a festa da torcida rubro-negra.

Aos 36 minutos, o jogo ficou mais fácil para o Furacão. Depois de ter sido amarelado por reclamação, Léo acabou sendo expulso pelo Operário. Com um homem a mais, o Athletico passou a administrar bem a vantagem até o intervalo.

Na etapa final, o Athletico marcou o terceiro aos 16 minutos. Vitinho fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Marquinho completar.

O Operário seguiu persistente. Mesmo com um jogador a menos, conseguia chegar ao campo ofensivo. Na melhor chance, Cleyton arriscou da entrada da área e carimbou o travessão.

Previous ArticleNext Article