Athletico: Valentim explica ausência de reforços no Paranaense e projeta Recopa

De acordo com Alberto Valentim, treinador do Athletico, Marlos ainda está recuperando a forma física e Vitor Bueno não pode jogar a Recopa por suspensão

Pedro Melo - 17 de fevereiro de 2022, 16:00

(Gustavo Oliveira/Athletico)
(Gustavo Oliveira/Athletico)

O técnico Alberto Valentim explicou quais os motivos dos meias Marlos e Vitor Bueno ficarem de fora da lista de inscritos no Campeonato Paranaense. De acordo com o treinador do Athletico, Marlos ainda está recuperando a forma física e Vitor Bueno não pode jogar a Recopa por suspensão.

"O caso do Vitor Bueno é que está suspenso e não pode jogar contra o Palmeiras. É um jogador que não estamos contando e não podemos prepara-lo para a Recopa. Marlos estava em inatividade há algum momento e é um jogador que precisa recuperar a forma física. Vem treinando separadamente e nos últimos treinos vem fazendo parte com o grupo todo, no tempo efetivo total", explicou Valentim, após o empate do Athletico no clássico com o Coritiba em 0 a 0.

Os volantes Hugo Moura e Bryan García, contratados no início da temporada, também não foram inscritos. Além deles, jogadores que fizeram parte do elenco principal em 2021, como o goleiro Bento e o zagueiro Nicolas Hernández, também ficaram de fora.

Como o Campeonato Paranaense tem limite de 35 inscritos e a equipe de aspirantes ocupou a maioria das vagas, Alberto Valentim teve apenas 15 nomes para colocar no estadual. "Os outros também são importantes para nós, mas nem todos podem vir para cá. Infelizmente temos que deixar alguns de fora. Todos estão treinando forte, abrindo mais o campo para ter mais ritmo e ter noção de dimensão oficial de campo durante os treinos", destacou.

ATHLETICO USOU OS JOGOS DO CAMPEONATO PARANAENSE COMO PREPARAÇÃO PARA A RECOPA

O grupo principal disputou duas partidas do estadual - vitória por 2 a 0 sobre o Rio Branco e empate no Athletiba - como preparação para o primeiro grande objetivo da temporada. O Athletico joga nos dias 23 de fevereiro e 02 de março a Recopa contra o Palmeiras.

O treinador rubro-negro listou o que teve de positivo e negativo nos dois testes antes da Recopa. "De negativo é que faremos alguns ajustes. Se tivéssemos ganhado o jogo, os ajustes aconteceriam também. E de positivo foi que os jogadores estão fazendo tudo que a gente tem colocado para eles. Um time com nossos posicionamentos iniciais, nossas variações com nosso jogo. Isso que é importante, quando as jogadas saem e os jogadores estão transferindo o que foi treinado", analisou.