Com gols de Terans, Athletico vence o Avaí na Arena

O meia David Terans anotou os dois gols da vitória do Athletico e o time segue reagindo no Brasileirão 2022 sob o comando de Felipão.

Vinicius Cordeiro - 22 de maio de 2022, 20:57

(Geraldo Bubniak/AGB)
(Geraldo Bubniak/AGB)

O Athletico venceu o Avaí por 2 a 1 no duelo que encerrou a sétima rodada do Brasileirão 2022

Com 16.872 pessoas na Arena da Baixada, em Curitiba, o meia David Terans anotou os dois gols do Furacão no primeiro tempo e foi o nome da partida. Pelos visitantes, o atacante William Pottker descontou em cobrança de pênalti. 

A notícia ruim para o Rubro-Negro é que o zagueiro Pedro Henrique saiu machucado e chorando de dor aos 32 minutos da etapa final. Vale lembrar que Thiago Heleno segue se recuperando de uma cirurgia no ombro.

Diante desse cenário, o técnico Felipão deve ter Nico Hernández e o jovem Matheus Felipe como dupla titular da defesa nos próximos compromissos.

CLASSIFICAÇÃO E PRÓXIMOS JOGOS

Com o resultado, o Athletico chega aos 9 pontos e pula para a 12ª posição da classificação. O time se prepara para encarar o Caracas, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, na próxima quinta-feira (26), às 20h, na Arena da Baixada. A vitória garante a primeira colocação do grupo e a classificação para as oitavas de final. 

Pelo Brasileirão, o Athletico vai visitar o Cuiabá no domingo (29), às 18h, na Arena Pantanal. No mesmo dia, só que às 19h, o Avaí encara o Atlético Mineiro no Mineirão, em Belo Horizonte. Com 10 pontos, o time catarinense é o décimo colocado do Brasileirão 2022.

O JOGO

Como esperado, o Athletico tomou a iniciativa e chegou mais vezes. Pablo exigiu boa defesa de Douglas Friedrich na primeira boa chance.

Contudo, o juiz Flávio Rodrigues de Souza marcou pênalti, com auxílio do VAR, após o zagueiro Arthur Chaves colocar o braço para desviar o chute de Terans. O próprio uruguaio foi para a bola e bateu no canto esquerdo. 

O segundo saiu nos minutos finais do primeiro tempo. Cuello recebeu na esquerda e acionou Terans na área. O uruguaio dominou bem e bateu cruzado para ampliar a vantagem do Furacão. 

O Avaí descontou logo no início da segunda etapa. Dentinho foi derrubado por Hugo Moura dentro da área. William Pottker assumiu a responsabilidade da penalidade e tentou uma cavadinha, mas Bento conseguiu se recuperar e espalmou pelo lado. 

O problema foi que Pottker foi mais rápido que o lateral Khellven no rebote e foi atingido em cheio pelo defensor. O árbitro sinalizou um novo pênalti e, na segunda vez, Pottker soltou uma pancada para marcar o gol do Avaí.

O Athletico não sentiu o gol e continuou com o mesmo estilo. Terans deu ótimo passe e Christian chutou com muito perigo para ver a bola tirar tinta da trave.

No fim, o jogo ficou recheado de faltas. No último lance, Cuello saiu na cara do gol com Cannobio ao lado e perdeu a chance do terceiro gol. 

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO 2 x 1 AVAÍ

Data, horário e local: domingo (20), às 19h, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Público: 16.872 pessoas.

Gols: David Terans. William Pottker, aos cinco minutos do segundo tempo.

Cartões amarelos: Hugo Moura e Abner (CAP); Arthur Chaves, Dentinho, Bruno Silva e Matheus Galdezani (AVA).

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura (Pablo Siles), Christian (Erick) e David Terans (Matheus Fernandes); Canobbio, Cuello e Pablo. Técnico: Felipão.

Avaí: Douglas; Kevin, Rodrigo Freitas, Arthur Chaves e Bruno Cortez; Raniele (Marcinho), Bruno Silva e Eduardo (Matheus Galdezani); Dentinho (Vitinho), William Pottker e Morato (Copete). Técnico: Eduardo Barroc