Athletico vence o Goiás fora de casa e sai da zona de rebaixamento do Brasileirão

Vinicius Cordeiro

athletico goiás brasileirão

Fora de casa, o Athletico Paranaense venceu o Goiás por 1 a 0 neste sábado (14) e, de forma provisória, saiu da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O atacante Renato Kayser anotou o gol rubro-negro no duelo da 21ª rodada. O jogo aconteceu no estádio Serrinha, em Goiânia.

Com o resultado, o Furacão chegou aos 22 pontos e aparece na 16ª posição, a primeira fora do grupo dos quatro últimos colocados. No entanto, o time rubro-negro ainda pode voltar à zona do rebaixamento caso Botafogo, Bragantino (que se enfrentam) ou Coritiba vençam na rodada. Todos os três clubes entram em campo na segunda-feira (16).

O time comandado por Paulo Autuori terá agora uma semana de preparação antes do confronto com o Santos. O duelo está marcado para o sábado (21), às 19h, na Arena da Baixada.

Já o Goiás segue com 12 pontos, permanece na lanterna da Série A e terá o Palmeiras como próximo adversário.

ATHLETICO SAI NA FRENTE E SUPORTA SUFOCO CONTRA O GOIÁS

Carlos Eduardo foi um dos jogadores do Athletico mais acionados no primeiro tempo (Divulgação/Athletico)

O gol do Athletico saiu ainda no primeiro tempo, aos 16 minutos. Carlos Eduardo fez ótima jogada pela esquerda, deixou o marcador para trás e cruzou para Renato Kayser aparecer livre de marcação e cabecear firme para o fundo das redes.

A vantagem deu confiança, mas o Furacão só assustou de novo em um arremate de Carlos Eduardo defendido por Tadeu.

O Goiás chegou a balançar as redes aos três minutos da etapa final, mas o VAR anulou o gol de Fernandão por impedimento do atacante na jogada. A partir dos 20 minutos, o jogo ficou mais agitado.

O Athletico respondeu com dois chutes de Léo Cittadini, defendidos por Tadeu. No entanto, aos 21, Shaylon cobrou falta na área rubro-negra e Sandro carimbou a trave do goleiro Santos.

Aos 34, Thiago Heleno cabeceou com muito perigo e exigiu mais uma defesaça do goleiro. Depois disso, no entanto, o Athletico recuou e segurou a pressão dos goianos até o apito final.

Previous ArticleNext Article