Athletico vence novamente o Internacional e conquista Copa do Brasil

Jorge de Sousa

Athletico - Internacional - Copa do Brasil

O Athletico Paranaense é campeão da Copa do Brasil. O primeiro título do estado na competição nacional, veio após a vitória por 2 a 1 contra o Internacional, na noite desta quarta-feira (18).

Léo Cittadini abriu o placar para o Athletico, Nico López empatou para o Internacional e Rony marcou nos acréscimos para o Furacão.

O título do Athletico foi presenciado por 50.355 pessoas no Beira-Rio em Porto Alegre. Essa marca é o recorde de presentes no estádio do Internacional.

Com o triunfo, o Athletico está classificado para a Copa Libertadores da América de 2020 e para a primeira edição da Supercopa do Brasil, que será realizada em janeiro do próximo ano.

PRÓXIMOS JOGOS

Athletico - Internacional - Copa do Brasil
Zaga do Athletico realizou boa marcação em Guerreto durante todo o jogo. Foto: Divulgação/Twitter Internacional

As duas equipes voltam a campo neste domingo (22), pelo Campeonato Brasileiro.

O Athletico viaja para o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Vasco da Gama em São Januário, às 16h.

Já o Internacional recebe a Chapecoense no Beira-Rio, às 11h.

O JOGO

Athletico - Internacional - Copa do Brasil
Nico López foi responsável pelas principais jogadas do Inter na partida. Foto: Divulgação/Twitter Internacional

Logo no primeiro minuto, o Internacional assustou Santos. Wellington Silva cruzou para Guerrero e o centroavante ajeitou para Nico López. O uruguaio finalizou e o goleiro fez boa intervenção para manter o placar zerado.

O Internacional voltou a pressionar aos 20 minutos. Após rebote na lateral, Bruno cruzou no segundo poste. Patrick e Uendel subiram na mesma bola e o meia cabeceou sem perigo à direita do gol de Santos.

O Athletico respondeu aos 24 minutos. Rony puxou contra-ataque e abriu para Marco Ruben. O atacante avançou e cruzou rasteiro para trás e encontrou Léo Cittadini. O meia saiu sozinho na frente de Marcelo Lomba e bateu firme para abrir o placar.

Após bate-rebate na pequena área aos 37 minutos, Guerrero tentou o cruzamento na marca do pênalti e Rodrigo Lindoso cabeceou no travessão. A bola caiu nos pés de Nico López que de primeira mandou para o fundo das redes para empatar o placar.

Khellven respondeu para o Athletico aos 42 minutos. O lateral bateu escanteio fechado e quase anotou um gol olímpico no Beira-Rio.

Mas o Internacional respondeu logo na sequência. Após receber lançamento na direita, Nico López avançou e finalizou cruzado para boa defesa de Santos.

A última chance do primeiro tempo saiu aos 46 minutos. Patrick avançou pela lado esquerdo e cruzou fechado. A bola pegou efeito e bateu no travessão de Santos.

A primeira chance de gol do segundo tempo saiu dos pés de Rafael Sóbis. O atacante bateu falta rasteira e Santos fez boa defesa sem conceder rebote.

Aos 12 minutos, o Internacional manteve a pressão. Após cruzamento de Rafael Sóbis, Victor Cuesta se antecipou a Guerrero e cabeceou perto do poste esquerdo de Santos.

Logo na sequência, Wellington Silva recebeu na esquerda, puxou para o centro e bateu perto do travessão de Santos.

Mas foi o Athletico quem conseguiu balançar as redes. Após contra-ataque puxado por Marcelo Cirino pela esquerda, o atacante cruzou rasteiro para Rony finalizar para o fundo das redes e sacramentar o título.

Previous ArticleNext Article