Athletico vence Operário e volta ao topo do Campeonato Paranaense

Jorge de Sousa

Jajá - Athletico Paranaense - Operário - Campeonato Paranaense

Em duelo direto pela liderança do Campeonato Paranaense, o Athletico Paranaense venceu o Operário por 3 a 1 na tarde deste domingo (1), e reassumiu o topo da tabela da competição.

O duelo válido pela nona rodada do Campeonato Paranaense foi realizado no Germano Krüger, em Ponta Grossa, com 5306 torcedores presentes.

Jajá (duas vezes) e Vinicius Mingotti marcaram os gols da vitória do Athletico, enquanto Juan Sosa diminuiu para o Operário.

O Athletico se beneficiou dos tropeços do Coritiba e do FC Cascavel na rodada para assumir a liderança. No momento a equipe tem 19 pontos, um a mais que o Coritiba e dois a mais que o FC Cascavel.

Já o Operário ficou estacionado na quarta posição com 16 pontos e pode ser ultrapassado pelo Londrina, que atua ainda neste domingo contra o Paraná Clube.

MISSÃO LIBERTADORES

O meio desta semana irá marcar a estreia do Athletico na Copa Libertadores da América. Disputando a competição pela segunda temporada seguida, a equipe está na mesma chave do Colo Colo, Jorge Wilsterman e Peñarol.

Os uruguaios serão os primeiros adversários do Athletico na competição. O duelo será realizado nesta terça-feira (3), às 21h30, na Arena da Baixada.

Na temporada a equipe titular do Athletico Paranaense ainda busca seu melhor ritmo. São três jogos com uma vitória, um empate e uma derrota. O revés foi contra o Flamengo na decisão da Supercopa do Brasil.

FUTEBOL TOTAL DA MOLECADA RUBRO-NEGRA

Juan Sosa - Athletico Paranaense - Operário - Campeonato Paranaense
Sosa diminuiu o placar no início do segundo tempo, mas contra-ataque do Athletico foi mortal. (José Tramontim/OFEC)

A primeira chance da partida foi criada pelo Athletico aos nove minutos. Reinaldo fez boa jogada individual na direita e tentou o cruzamento. No rebote da defesa, Léo Gomes pegou de primeira, mas a bola passou à esquerda do gol.

Mas aos 11 minutos, novamente Reinaldo avançou contra a marcação e foi derrubado por Juninho na lateral da área. Jajá foi para a cobrança e -com paradinha, bateu firme no meio da meta para balançar as redes.

O Operário respondeu aos 14 minutos. Régis Potiguar bateu falta rasteira, a bola desviou na barreira e sobrou limpa para Lucas Batatinha na pequena área. O atacante buscou o chute cruzado, mas a bola passou por cima do gol.

Aos 26 minutos, Jajá fez bela jogada pelo meio e passou por elevação para Vinicius Mingotti, que deu um tapa por cima de André Luiz, mas Sávio conseguiu o corte antes da finalização.

Só que aos 41 minutos, Rafael Bonfim tentou o passe para André Luiz, mas a bola saiu curta. Jajá foi rápido e conseguiu travar com o goleiro, com a bola indo para trás e entrando no gol.

O Operário conseguiu diminuir o placar aos seis minutos. Cleyton bateu falta lateral direta e Gabriel defendeu para frente. A bola sobrou para Juan Sosa que apenas empurrou para o gol.

A bola parada quase rendeu o empate ao Operário aos 21 minutos. Cleyton bateu a bola fechada e Bonfim ganhou pelo alto, cabeceando perto do poste direito.

Mas o contra-ataque do Athletico foi mortal aos 36 minutos. Reinaldo puxou pelo meio e lançou Vinicius Mingotti na área. O atacante esperou a saída de André Luiz para bater firme e ampliar o placar.

Previous ArticleNext Article