Athletico: Interino celebra vitória para mudar o clima na chegada de Felipão

Confira o que Wesley Carvalho, técnico interino do Athletico, falou após a vitória sobre o Ceará e da chegada de Felipão.

Redação - 08 de maio de 2022, 09:00

Foto: Fabio Wosniak/athletico.com.br
Foto: Fabio Wosniak/athletico.com.br

Wesley Carvalho, técnico da equipe sub-20 do Athletico e quem comandou o time principal na vitória por 1 a 0 sobre o Ceará neste sábado, festejou o resultado para transformar o ambiente do Furacão. 

"Obtivemos uma vitória aqui e temos uma outra aura, um outro clima para a chegada do Felipão", disse Wesley na entrevista coletiva após a partida.

Vale lembrar que a equipe vinha da goleada por 5 a 0 sofrida para o The Strongest na Libertadores e da derrota por 1 a 0 diante do América-MG, no Brasileirão.

Os resultados motivaram uma série de mudanças no departamento de futebol do clube, incluindo a demissão do técnico Fábio Carille e a contratação de Luiz Felipe Scolari, que acompanhou o jogo contra o Ceará em um dos camarotes da Arena da Baixada.

PAPOS COM FELIPÃO ANTES DO JOGO

Essa é a segunda vez que Wesley Carvalho e Felipão trabalham juntos. A primeira oportunidade foi no Palmeiras, em 2018, quando Wesley também atuou de forma interina após o clube paulista ter demitido Roger Machado e contratar o experiente treinador.

"O Felipão me deixou bem à vontade, assim como fez no Palmeiras. Ele disse: 'Guri, toca e faz o que você quiser que a responsabilidade é minha'... Ele disse para fazer as coisas o mais simples possível para fazer as coisas se encaixarem", relatou Carvalho ao dizer que Felipão ainda brincou sobre o triunfo para 'começar bem' esse período.

MUDANÇAS E JOGADORES 'SEM VAIDADE'

Além da postura, Wesley Carvalho promoveu algumas trocas no esquema tático (a volta de dois zagueiros) e nas opções de atletas. Khelven e Cuello, que chegou a ficar de fora da lista dos relacionados, tiveram mais minutos em campo e foram duas das novidades. 

Por outro lado, jogadores como os meio campistas Christian e Vitor Bueno ficaram de fora do banco de reservas. 

"Temos 32 jogadores e só podem ter 23 relacionados. Alguém de qualidade vai ficar de fora. Temos que nos desprender das vaidades pessoais e pensar no clube, que precisava da vitória", completou o técnico interino do Furacão.

AGENDA DO ATHLETICO

  • Athletico x Tocantinópolis - terça-feira (10/05), às 21h30, na Arena da Baixada
  • Fluminense x Athletico - sábado (14/05), às 21h, no Raulino de Oliveira
  • Athletico x Libertad - quarta-feira (18/05), às 19h, na Arena da Baixada