Athletico x Bahia AO VIVO: saiba onde assistir à Copa do Brasil

O Athletico enfrenta o Bahia na busca por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil - saiba onde assistir ao jogo ao vivo e o horário

Pedro Melo - 12 de julho de 2022, 19:55

(Divulgação/Athletico)
(Divulgação/Athletico)

Em vantagem no confronto, o Athletico enfrenta o Bahia na busca por uma vaga nas quartas de final da Copa do Brasil - saiba onde assistir ao jogo ao vivo e o horário.

A partida acontece na noite desta terça-feira (12), às 21h30, na Arena da Baixada.

ONDE ASSISTIR ATHLETICO X BAHIA NA COPA DO BRASIL AO VIVO

A partida tem transmissão exclusiva do Amazon Prime Vídeo, no streaming. Os assinantes da plataforma não precisam pagar nada a mais para acompanhar a Copa do Brasil.

O Rubro-Negro venceu o jogo de ida, em Salvador, por 2 a 1 e joga por um empate para avançar às quartas de final. O Bahia até saiu na frente, mas Christian e Pedro Rocha viraram a partida ainda no primeiro tempo.

A aposta do Furacão para se classificar é justamente na força da Arena da Baixada. O time athleticano não perde há 10 jogos dentro de casa, sendo oito vitórias e duas derrotas. A última derrota foi por 1 a 0 para o Atlético-MG, em 17 de abril, pelo Campeonato Brasileiro.

Do outro lado, o Bahia não tem o zagueiro Didi, o volante Emerson Santos e o atacante Rildo, que já jogaram a Copa do Brasil. Outros desfalques são os laterais Jonathan e Luiz Henrique, o volante Rezende e o meia Marco Antônio.

Para a partida, o Athletico tem o retorno ao time titular do zagueiro Nico Hernández, do volante Hugo Moura e do meia David Terans, que começaram no banco de reservas na derrota para o Goiás, além do atacante Pablo, recuperado de lesão na coxa. Em contrapartida, o lateral-direito Orejuela e o atacante Vitor Roque não podem atuar na Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA - ATHLETICO X BAHIA

Onde assistir Athletico x Bahia na Copa do Brasil: Amazon Prime Vídeo.

Data, horário e local: terça-feira (12), às 20h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR).

Athletico: Bento; Khellven, Pedro Henrique, Nico Hernández e Abner; Hugo Moura, Erick e David Terans; Canobbio, Pablo e Pedro Rocha. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Bahia: Danilo Fernandes; Gabriel Xavier, Luiz Otávio e Ignácio; André, Patrick, Mugni, Daniel e Matheus Bahia; Raí e Matheus Davó. Técnico: Enderson Moreira.

Arbitragem: Marcelo de Lima Henrique (CE), auxiliado por Eduardo Gonçalves da Cruz (MS) e Nailton Júnior de Sousa Oliveira (CE). O VAR é Rodrigo Nunes de Sá (RJ), com assistência de Silbert Faria Sisquim (RJ).