Atletiba consagra atacante de 17 anos e provoca saída de dirigente

Ayrton Baptista Junior - CBN Curitiba


Titular pela primeira vez em uma competição profissional, Igor Jesus foi o grande personagem da vitória do Coritiba sobre o Athletico, por 2 a 1, quarta-feira (30), na Arena da Baixada, pela quarta rodada do Campeonato Paranaense. O atacante de 17 anos (foto) se tornou o mais jovem atleta coxa-branca a marcar gol na história do Atletiba, iniciada em 1924. Antes, esta marca pertencia ao meia Alex, que tinha 18 anos em dezembro de 1995, quando o alviverde bateu o rubro-negro por 3 a 0, no estádio Couto Pereira, pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Igor Jesus também se destacou no lance do segundo gol do Coritiba, com um passe para outro atacante, Iago Dias, de 25 anos.

No Athletico, a derrota causou a demissão do diretor de futebol Rui Costa, contratado há apenas cinco meses. Rui foi questionado sobre a contratação de alguns jogadores que não renderam o esperado neste início da temporada. Após quatro jogos, o rubro-negro soma apenas quatro pontos e somente uma vitória, a de 2 a 0 sobre o Rio Branco, em Paranaguá.

A saída de Rui Costa aproxima o zagueiro Paulo André de um cargo diretivo. O jogador de 35 anos se prepara desde o ano passado para o cargo de gestor e tem indicado atletas para o clube.

Nesta quinta (31), além de abrir mão de um dirigente, o Athletico anunciou a renovação de contrato do zagueiro Léo Pereira, um dos destaques da conquista da Copa Sul-Americana, no ano passado. O novo acordo com este jogador de 23 anos, que era pretendido pelo Flamengo, vai até janeiro de 2022.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="590777" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]