Nos pênaltis, Atlético-MG perde para o Colón e está eliminado da Copa Sul-Americana

Vinicius Cordeiro

atlético mineiro colón sul-americana

Nos pênaltis, o Atlético Mineiro perdeu o Colón por 4 a 1 está eliminado da Copa Sul-Americana 2019. O goleiro Cleiton defendeu a primeira cobrança, de Morelo, o que deu confiança para as batidas do Galo. Fábio Santos, Vinicius, Di Santo marcaram, mas o zagueiro Rever e o meia Cazares, nas últimas cobranças, perderam e deram adeus à decisão.

Ortiz, Chancalay, Olivera e Luis Rodríguez converteram pelos argentinos e garantiram a presença na final.

No tempo normalDi Santo e Chará marcaram pelo Galo, enquanto Luis Rodríguez, também em cobrança de pênalti, descontou. Já que o placar foi o mesmo do jogo de ida, a decisão foi para as penalidades.

O jogo, realizado no Mineirão, contou com um público de 45.560 torcedores. A renda foi de R$ 1.706.915,00.

FINAL DA SUL-AMERICANA

Agora o Colón vai lutar pelo título contra o Independiente Del Valle, que eliminou o Corinthians na semifinal.

A final está marcada para o dia 9 de novembro, no estádio Defensores del Chaco, em Assunção, no Paraguai. 

Vale lembrar que a Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol) anunciou, no ano passado, que as decisões da Sula e da Libertadores serão em jogo único a partir de 2019.

Entretanto, a final da Copa Sul-Americana estava marcada para acontecer em Lima, no Peru, mas a sede da finalíssima acabou tendo alteração em agosto.  As justificativas dadas pela Confederação foram “questões organizacionais” e que a mudança “facilitará o sucesso da final única do torneio”.

BRASILEIRÃO

O Atlético muda a chave e concentra sua atenção para o Campeonato Brasileiro. Os mineiros perderam os últimos cinco jogos na Série A e se afastaram da briga para o G4.

O próximo compromisso é contra o Ceará. O duelo está marcado para esse domingo (29), às 19h, na Arena Independência.

PRESSÃO DO GALO

atlético mineiro colón sul-americana
Divulgação / Atlético Mineiro

O Atlético sufocou o Colón nos 20 minutos iniciais. Rever assustou de cabeça e Patric exigiu boa defesa de Burián, além dos chutes de Cazares e Luan.

Aos 37, Chará perdeu a melhor chance dos mineiros. Luan deu ótimo passe para Patric e o lateral cruzou na medida para o colombiano, que chutou pela linha de fundo com o gol livre.

Para festa atleticana, Di Santo balançou as redes no minuto seguinte. Cazares deu boa enfiada e o argentino ganhou da zaga para bater firme.

Elias quase ampliou no final, mas Burián fez uma defesaça no chute desviado na defesa. Por fim, o volante Jair sentiu uma lesão muscular e teve de ser substituído por Zé Wellison no intervalo.

Assista o gol de Di Santo:

TENSÃO NO FINAL

O Atlético fez o 2 a 0 com quatro minutos. Cazares, o garçom da noite, achou ótimo passa para Chará. Dessa vez, o camisa 8 arrematou bem com o pé esquerdo e incendiou o Mineirão.

Chará comemora o segundo gol (Divulgação / Copa Sul-Americana)

O problema foi que o Galo recuou e a punição veio aos 33. Morelo invadiu a área e acabou sendo derrubado por Zé Welisson. Luís Rodríguez foi para a cobrança e Cleiton caiu para o lado errado.

Assista o gol do Colón:

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="660066" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]