Manchester City segura o Atlético e avança à semi da Champions

O Manchester City segurou o empate em 0 a 0 com o Atlético de Madrid e garantiu a classificação para a semifinal da Uefa Champions League

Pedro Melo - 13 de abril de 2022, 18:03

(Reprodução/Twitter/Manchester City)
(Reprodução/Twitter/Manchester City)

O Manchester City segurou o empate em 0 a 0 com o Atlético de Madrid e garantiu a classificação para a semifinal da Uefa Champions League. A vaga veio por conta da vitória no jogo de ida, no Etihad Stadium, por 1 a 0.

Em busca do título inédito, o time comandado por Pep Guardiola enfrenta o Real Madrid na semifinal. Os espanhóis perderam em casa para o Chelsea por 3 a 1, mas marcaram um gol na prorrogação e conseguiram a vaga.

Na outra semifinal, o Liverpool, que eliminou o Benfica com vitória por 3 a 1 e empate em 3 a 3, enfrenta a surpresa Villarreal, que passou pelo Bayern de Munique com vitória por 1 a 0 e empate em 1 a 1.

Os jogos das semifinais da Champions League acontecem nos dias 26 e 27 de abril, e 03 e 04 de maio.

MANCHESTER CITY SOFRE PRESSÃO NO SEGUNDO TEMPO, MAS ELIMINA O ATLÉTICO DE MADRID

Mesmo precisando do placar, o Atlético de Madrid não jogou muito no ataque durante o primeiro tempo e finalizou apenas uma vez em gol com Kondogbia. Do outro lado, o Manchester City teve mais posse de bola e criou a grande chance de abrir o placar. Aos 29 minutos, Walker recebeu passe de Mahrez nas costas da defesa e cruzou rasteiro na área. A bola ficou com Foden, que ajeitou para Gündogan, que acertou a trave.

Já o segundo tempo foi completamente diferente do que tinha se visto até então no confronto. O Atlético de Madrid partiu todo para o ataque em busca do gol, enquanto o Manchester City se defendeu para segurar a vantagem conquistada em casa.

Aos nove minutos, João Félix recebeu cruzamento na área, mas errou no cabeceio e jogou para fora. E aos 11, Griezmann chutou de primeira da entrada da área e mandou muito perto da trave.

Durante a etapa final, Pep Guardiola reforçou ainda mais a defesa com a entrada do brasileiro Fernandinho. Do outro lado, o Atlético de Madrid terminou com uma equipe ofensiva com o trio de ataque formado por Luis Suárez, Matheus Cunha e Ángel Correa.

O Atlético teve duas oportunidades em sequência já na reta final. Primeiro, Matheus Cunha finalizou forte e Stones travou. Logo depois, na cobrança de escanteio, Aké cortou mal e Savic, na pequena área, não conseguiu alcançar a bola.

A situação dos espanhóis ficou ainda mais complicada nos acréscimos, quando o zagueiro brasileiro Felipe foi expulso por falta dura em Phil Foden. Mesmo com um a menos, o Atleti teve duas grandes chances de marcar, mas o goleiro Éderson salvou na cobrança de falta de Carrasco e no chute de Ángel Correa dentro da área.

FICHA TÉCNICA - ATLÉTICO DE MADRID 0X0 MANCHESTER CITY

Data, horário e local: quarta-feira (13), às 16h (horário de Brasília), no Wanda Metropolitano, em Madrid (ESP).

Atlético de Madrid: Oblak; Savić, Felipe e Reinildo; Llorente, Koke (De Paul), Kondogbia, Lemar (Luis Suárez) e Renan Lodi (Ángel Correa); Griezmann (Carrasco) e João Félix (Matheus Cunha). Técnico: Diego Simeone.

Manchester City: Ederson; Walker (Aké), Stones, Laporte e João Cancelo; Rodri, Gündogan e De Bruyne (Sterling); Mahrez, Phil Foden e Bernardo Silva (Fernandinho). Técnico: Pep Guardiola.

Cartões amarelos: Felipe, Llorente, Savic e Diego Simeone (ATM); Rodri, Mahrez, Gündogan, Phil Foden e João Cancelo. (MCI).

Cartão vermelho: Felipe (ATM).