Atlético de Madrid bate o Cádiz e amplia vantagem sobre Real e Barcelona

Redação

suárez atlético de madrid barcelona real madrid cádiz campeonato espanhol negredo

Real Madrid e Barcelona? Que nada! O líder do Campeonato Espanhol é o Atlético. Fora de casa, os colchoneros venceram o Cádiz por 4 a 2 pela 21ª rodada neste domingo (31).

Luis Suárez abriu o placar e Álvaro Negredo igualou pelo Cádiz, mas Saúl Ñíguez colocou o time de Madrid em vantagem ainda no primeiro tempo. Na etapa final, Suárez ampliou em cobrança de pênalti e Negredo descontou. No fim, Koke selou a vitória colconhera.

O time comandado por Diego Simeone vive grande fase e emplacou a sétima vitória consecutiva. Com 40 gols feitos e 10 sofridos, a equipe tem o melhor ataque e a melhor defesa do Campeonato Espanhol.

Com o resultado, o Atlético de Madrid chega a 50 pontos, 10 a mais que o Real e 13 sobre o Barcelona. Contudo, o Barça encara o Athletic Bilbao ainda hoje, às 17h (horário de Brasília) e pode igualar a pontuação dos merengues, que tropeçaram contra o Levante ontem.

Do outro lado, o Cádiz aparece em 13° lugar com 24 pontos. O time de Analuzia estava há seis jogos sem perder (uma vitória e cinco empates), mas volta a sofrer um revés nesta temporada em que voltou à Primeira Divisão.

Na próxima rodada, o Atlético encara o Celta de Vigo no estádio Metropolitano, em Madrid, e o Cádiz visita a Real Sociedad no País Basco.

SUÁREZ E NEGREDO BRILHAM EM VITÓRIA DO ATLÉTICO DE MADRID SOBRE O CÁDIZ

Negredo marcou duas vezes, mas não evitou a derrota. (Divulgação/Cádiz)

Luis Suárez e Álvaro Negredo foram os artilheiros do jogo, com dois gols cada. O uruguaio, descartado pelo Barcelona no início da temporada, é um dos destaques do Atlético até agora. Aos 34 anos, Luisito acumula 14 gols e duas assistências nos 16 jogos que já fez nesse Campeonato Espanhol.

Já Álvaro Negredo, com 35 anos, soma seis gols e três assistências nos 18 jogos até aqui. Além disso, o jornalista espanhol MisterChip destacou que Negredo é o terceiro atacante com mais de 35 anos a fazer dois gols contra o Atlético em uma mesma partida da La Liga. Antes dele, apenas Gorostiza, do Valencia em 1945, e Puskás, com o Real Madrid em 1963, conseguiram o mesmo.

Previous ArticleNext Article