Atlético e Real Madrid levam gancho da Fifa por contratações de menores

Redação


O Comitê de Apelo da Fifa rejeitou os recursos impetrados pelo Real Madrid e o Atlético de Madri em relação às  irregularidades em contratações de menores de idade estrangeiros. A Fifa proibiu as duas equipes de contratar jogadores durante as duas próximas janelas. A Fifa divulgou um comunicado em que informa que ambas as equipes estão suspensas das negociações até o mercado de inverno de 2017/2018.

“A proibição de contratações se aplica a cada clube como um todo – com exceção ao futebol feminino e equipe de futsal e futebol de praia – e não proíbe a liberação de jogadores”, diz parte da nota da Fifa.

O Atlético de Madrid e o Real Madrid foram multados em 900 mil (cerca de R$ 2,96 milhões) e 360 mil francos suíços (cerca de R$ 1,18 milhão).

Em nota, o Real Madrid reclamou da suspensão e afirmou que irá recorrer da decisão.

1. Lamenta que a decisão sobre o fundamento de que é profundamente injusto e contrário aos princípios mais elementares do direito penal.

2. O clube vai fazer um apelo correspondente à Corte de Arbitral do Esporte (CAS), que solicita a revogação total da mesma, com a plena convicção de obter uma decisão totalmente favorável junto ao organismo

3. Real Madrid vai solicitar que o procedimento seja tramitado como urgência, a fim de obter a resolução da TAS o mais rapidamente possível”.

 

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="384390" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]