Atlético de Madrid vence o Barcelona e enfrenta o Real na final da Supercopa da Espanha

Vinicius Cordeiro

atlético de madrid barcelona real final supercopa da espanha

Em um jogaço, o Atlético de Madrid derrotou o Barcelona por 3 a 2 e vai encarar o Real Madrid na final da Supercopa da Espanha. O duelo desta quinta-feira (9) foi disputado em Jeddah, na Arábia Saudita. Messi e Griezmann anotaram os gols do Barça, enquanto Koke, Morata e Correa marcaram pelos colchoneros.

A semifinal ainda contou com dois gols anulados a favor do Barcelona: o VAR entrou em ação e invalidou os gols de Messi e Piqué quando o jogo estava 2 a 1 a favor dos catalães. Por outro lado, a arbitragem não anotou um pênalti a favor do Atlético enquanto o placar estava em igualdade.

No final das contas, Correa saiu na cara do goleiro Neto e bateu firme para superar o goleiro brasileiro. Por fim, o placar não foi ainda maior porque o goleiro fez uma defesaça em um chute de Llorente.

FINAL DA SUPERCOPA DA ESPANHA

A final está marcada para o próximo domingo (12), às 15h (horário de Brasília).

Essa foi a primeira vez que o torneio foi disputado por apenas quatro times. Ontem, o Real Madrid derrotou o Valencia por 3 a 1. Modric, Isco e Kroos, em gol olímpico, marcaram pelos merengues, enquanto Parejo descontou no final.

BARÇA E ATLÉTICO FAZEM JOGAÇO

barcelona atlético de madrid supercopa da espanha final real
Messi brilhou, mas viu o VAR anular seu segundo gol no jogo. (Divulgação / Federação Espanhola de Futebol)

O jogo, com cinco gols, foi marcado pelas duas viradas. O Barcelona saiu atrás do marcador apesar de ter jogado melhor na etapa inicial. João Félix ajeitou e Correa encontrou Koke, dentro da área, que bateu firme no canto do gol.

Contudo, a partir daí, Messi brilhou. O argentino fez um gol com o pé direito, soltando uma pancada. Depois, dominou uma bola absurda e deu um tapa colocado, mas viu o VAR anular o gol por um suposto toque em seu braço.

Apesar disso, Griezmann anotou a virada aproveitando o rebote de Oblak após a cabeçada de Suárez, mas viu o Atleti igualar em um pênalti cobrado por Morata.

O Barça seguiu pressionando e anotou com Piqué, mas a arbitragem invalidou o gol. No final das contas, os colchoneros avançaram com Correa.

Previous ArticleNext Article