Atlético-MG busca empate nos acréscimos e segue vivo na luta pelo título brasileiro

Jorge de Sousa

Atlético-MG empata nos acréscimos com o Red Bull Bragantino e segue vivo pelo título brasileiro

O Atlético-MG buscou empate nos acréscimos por 2 a 2 com o Red Bull Bragantino na noite desta segunda-feira (11) e se manteve vivo na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

Ricardo Ryller e Edimar marcaram do Bragantino, enquanto Savarino e Hyoran (em cobrança de pênalti) balançaram as redes pelo Atlético-MG.

O duelo foi realizado no Nabi Abi Chedid, em Bragança Paulista, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

O empate deixou o Atlético-MG com 50 pontos ganhos, seis abaixo do líder São Paulo e na terceira colocação do Campeonato Brasileiro. Já o Bragantino chegou aos 35 pontos e na 14º colocação, seis pontos acima do Bahia – primeira equipe dentro da zona de rebaixamento.

As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (17). O Atlético-MG recebe o Atlético-GO no Mineirão, às 18h15, enquanto o Bragantino visita o Ceará no Castelão, às 20h30.

ATLÉTICO-MG BUSCA EMPATE COM PÊNALTI NOS ACRÉSCIMOS

O Atlético-MG quase abriu o placar logo no primeiro minuto da partida. Vargas arriscou da entrada da área e carimbou o travessão de Cleiton.

Nova chance do Atlético-MG no minuto seguinte. Dessa vez, foi a vez de Allan arriscar a finalização de média distância e Cleiton espalmou a bola no canto direito.

Cleiton quase se complicou aos 30 minutos. Após cobrança de escanteio da esquerda, Savarino aproveitou rebote na entrada da área, finalizou rasteiro e o goleiro quase deixou a bola escapar, defendendo encima da linha.

O Red Bull Bragantino conseguiu abrir o placar aos 45 minutos. Helinho fez bom cruzamento da direita e Ricardo Ryller apareceu livre entre os zagueiros para cabecear para o gol.

Keno perdeu chance incrível aos quatro minutos do segundo tempo. Savarino fez boa jogada pela direita e cruzou rasteiro para o atacante furar na pequena área.

O empate do Atlético-MG veio aos nove minutos. Guilherme Arana foi lançado na esquerda e cruzou rasteiro, Vargas furou a finalização e Savarino empurrou de carrinho a bola para as redes.

Só que o Bragantino ficou novamente na frente do placar aos 21 minutos. Claudinho bateu escanteio da esquerda e Edimar cabeceou firme no canto direito de Everson.

Boa chance do Atlético-MG aos 32 minutos. Hyoran bateu falta da intermediária com efeito e a bola passou rente ao poste esquerdo de Cleiton.

Eduardo Sasha perdeu chance para empatar aos 42 minutos. O atacante foi lançado por Réver e saiu cara a cara com Cleiton, mas errou a passada e a bola ficou livre para o goleiro.

Everson salvou o Atlético-MG no minuto seguinte. Claudinho passou por elevação para Morato que emendou de primeira na pequena área, mas o goleiro fechou o ângulo e a bola explodiu no arqueiro.

Quando o jogo já parecia encerrado, aos 51 minutos, Ramires acertou a perna de Guilherme Arana na área e após revisão no VAR, o árbitro Caio Max Augusto Vieira assinalou a penalidade.

Hyoran pediu a bola e deslocou Cleiton, batendo firme no canto esquerdo para empatar o jogo.

LEIA MAIS: NFL: confira os confrontos e horários dos Playoffs Divisionais

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="738595" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]