Atlético-MG goleia Ferroviário pela Copa do Brasil em jogo de recordes

Folhapress


Entre os dez times classificados para a quarta fase da Copa do Brasil, apenas o Ferroviário não figura entre as três primeiras divisões do futebol brasileiro. Bom para o Atlético-MG, que aproveitou a fragilidade do adversário cearense para abrir uma boa vantagem no primeiro confronto. Com dois gols de Otero, um de Ricardo Oliveira e outro de Erik, o time alvinegro venceu por 4 a 0, no Independência. Goleada marcada por recordes.
Com os quatro gols anotados diante do Ferroviário, o Atlético chegou a 316 em toda a história da Copa do Brasil. Assim, superou o Flamengo e se tornou o time que mais gols tem na competição, disputada desde 1989. Já o técnico Thiago Larghi, ainda interino, chegou aos 14 jogos no comando da equipe. Número que fez Larghi superar Pachequinho, comandante do Coritiba de forma interina por 13 partidas, no ano passado.
Assim como aconteceu no clássico, quando foi o grande nome da partida, com três assistências, Otero repetiu a boa atuação contra o Ferroviário. O camisa 11 do Atlético participou bastante das jogadas ofensivas e marcou dois gols, chegando a três na Copa do Brasil. Como no domingo tem o Cruzeiro pela frente novamente, na decisão do Campeonato Mineiro, Otero ficou em campo apenas 45 minutos, mas o suficiente para ser o melhor.
Com 14 jogos no comando do Atlético, Thiago Larghi se tornou o treinador interino que mais vezes comandou uma equipe da elite do futebol nacional. O atleticano superou a marca de 13 partidas de Pachequinho, estabelecida no ano passado, pelo Coritiba. Outro número impressionante desta sequência é o aproveitamento do time. Desde que Larghi assumiu o comando técnico, o Atlético-MG venceu dez vezes, empatou uma e perdeu três. O aproveitamento é de 74% dos pontos disputados.
A estratégia do Atlético diante do Ferroviário era bem clara. Fazer um bom placar na primeira etapa e ter o poder de poupar mais alguns titulares na etapa final, já que domingo tem clássico decisivo com o Cruzeiro pelo Campeonato Mineiro. Com 3 a 0 no placar, Thiago Larghi sacou Otero e Ricardo Oliveira após os primeiros 45 minutos. O centroavante manteve o bom momento, com mais um gol na temporada. Já são nove com a camisa alvinegra.
Foi exatamente de Ricardo Oliveira o gol que abriu o placar, de cabeça, após cruzamento de Samuel Xavier. O segundo gol só saiu aos 28min. Em um chute de Otero, a bola desviou no meio do caminho e enganou o goleiro.
Otero ampliou ainda no primeiro tempo, aos 39min, após receber assistência de Gustavo Blanco. Na etapa final, foi a vez de Erik marcar, aos 4min, aproveitando rebote do goleiro Léo em chute de Roger Guedes.
Pela diferença técnica dos dois times, o jogo da volta pela quarta fase da Copa do Brasil será apenas para cumprir tabela. O novo duelo entre Atlético e Ceará está marcado para o dia 18 deste mês, no Castelão, em Fortaleza.
Apesar de o Ferrão jogar no Presidente Vargas, também na capital cearense, o regulamento impede que estádios com menos de 20 mil lugares sejam utilizados nesta etapa do torneio. Como venceu por 4 a 0, o Galo pode perder até por três gols de diferença que estará nas oitavas de final. Ao Ferroviário resta tentar um milagre, uma goleada por cinco ou mais gols de diferença.

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="515285" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]