Atlético-MG vence Santos e se mantém na briga pelo título brasileiro

Jorge de Sousa

Atlético-MG vence Santos e se mantém na briga pelo título brasileiro

O Atlético-MG venceu o Santos por 2 a 0 na noite desta terça-feira (26) e se manteve vivo na briga pelo título do Campeonato Brasileiro.

Os dois gols da vitória do Atlético-MG foram marcados por Savarino.

O duelo foi realizado no Mineirão, em Belo Horizonte, sem a presença de público devido a pandemia da Covid-19.

A vitória deixou o Atlético-MG na terceira colocação com 57 pontos, cinco abaixo do líder Internacional. Já o Santos ficou estacionado com 45 pontos e na décima posição.

O Santos volta a campo neste sábado (30), na final da Copa Libertadores contra o Palmeiras, enquanto o Atlético-MG atua pela 33ª rodada do Campeonato Brasileiro, contra o Fortaleza no Mineirão, no domingo (31), às 16h.

SAVARINO BRILHA E GARANTE VITÓRIA DO ATLÉTICO-MG

O Atlético-MG conseguiu o placar logo aos dois minutos de jogo. Réver fez lançamento do campo de defesa, Luiz Felipe errou o corte e a bola sobrou para Savarino, que tabelou com Nathan e bateu na saída de John.

Hyoran quase ampliou o placar aos 12 minutos. Em cobrança de falta da entrada da área, o meia bateu a bola com efeito e John foi ágil para defender em dois tempos.

Savarino voltou a balançar as redes aos 18 minutos. Keno fez belo passe por elevação e o venezuelano emendou de primeira para bater John, ampliando o placar.

Everson fez grande intervenção aos 37 minutos. Guilherme Nunes cruzou rasteiro da esquerda e Marcos Leonardo emendou de primeira, mas o goleiro fez a defesa com as pernas.

A resposta do Atlético-MG veio aos 43 minutos. Eduardo Sasha recebeu belo cruzamento da esquerda e emendou de primeira para John fazer boa defesa.

Marcos Leonardo ficou mais uma vez perto de abrir o placar aos 43 minutos. Dessa vez, foi Arthur Gomes quem fez o cruzamento e o centroavante bateu de primeira no poste esquerdo.

Everson voltou a aparecer aos 15 minutos do segundo tempo. Madson tentou encontrar Renyer na área, mas quem pegou a bola foi Arthur Gomes que bateu firme para o goleiro espalmar.

Aos 29 minutos, Keno caiu de mal jeito em campo e lesionou o cotovelo. Segundo os médicos do Atlético-MG, o atacante sofreu uma luxação no local e precisou recolocar o cotovelo do atleta no lugar.

Nova chance para o Santos aos 39 minutos. Madson novamente avançou pela direita e cruzou para Bruno Marques testar firme, mas por cima da meta.

LEIA MAIS: Paraná Clube perde do Oeste e está rebaixado para a Série C

Previous ArticleNext Article