Atlético-MG bate o Atlético-GO com brilho de Keno e assume a liderança do Brasileirão

Vinicius Cordeiro

Cartola FC: Escalação e dicas para pontos e cartoletas na 16ª rodada do Brasileiro

De virada, o Atlético-MG bateu o Atlético-GO por 4 a 3 e assumiu a ponta da tabela do Brasileirão. Os goianos estiveram na frente do placar duas vezes com os gols de Oliveira Ferrareis, mas Keno, três vezes, e Nathan decretaram o triunfo dos mineiros. No último lance, o zagueiro Gilvan ainda descontou. O duelo, válido pela 11ª rodada, foi realizado no estádio Olímpico, em Goiânia.

Com o resultado, o Atlético de Minas chega aos 21 pontos e ultrapassa o Internacional, que perdeu para o Fortaleza. Vale lembrar que o time comandado por Jorge Sampaoli ainda tem um jogo a menos que os gaúchos.

Do outro lado, o Atlético-GO interrompe a sequência de quatro jogos sem perder (duas vitórias e dois empates). Com 12 pontos, a equipe de Vagner Mancini aparece na 12ª posição.

O Atlético Mineiro se prepara agora para enfrentar o Grêmio. O duelo está marcado para próximo sábado (26), às 21h, no Mineirão. Já o Atlético Goianiense volta a jogar em casa no domingo (27), às 16h, contra o Botafogo.

ATLÉTICO-MG SAI ATRÁS E VIRA NO SEGUNDO TEMPO

Jogadores do Dragão comemoram o gol de Oliveira. (Divulgação/Atlético Goianiense)

O Atlético-GO começou o jogo com maior intensidade e isso refletiu nas boas oportunidades. Ferrareis saiu na cara do gol, mas Éverson fez grande defesa e evitou o primeiro gol.

O goleiro, no entanto, não pode fazer nada no chutaço de Oliveira. O zagueiro improvisado como volante pegou a sobra da bola e soltou uma pancada no ângulo.

A partir daí o Dragão começou a assustar nos contra-ataques. O Atlético-MG chegou ao empate com gol de Savarino após cruzamento de Keno, mas o VAR pegou o impedimento do venezuelano na jogada.

No intervalo, Jorge Sampaoli promoveu as entradas de Igor Rabello e Nathan nos lugares de Guga e Allan. Isso ajudou os visitantes a crescer no jogo.

Junior Alonso deu grande passe para Nathan, e o meia tabelou com Eduardo Sasha antes de ser derrubado dentro da área. Keno foi para a cobrança e bateu firme no canto, sem chances para Jean.

Apesar do empate, o Atlético-GO chegou rapidamente ao segundo gol. Janderson achou Ferrareis dentro da área e dessa vez o meia deslocou Everson para balançar as redes.

A desvantagem fez com que os mineiros acelerassem mais ainda o jogo. E foi numa jogada similar ao lance do gol anulado que o empate veio. Savarino cruzou da direita e Nathan completou dentro da pequena área.

A virada não demorou muito pra sair. O Atlético Goianiense errou feio no toque para trás e deixou Keno sair na cara de Jean. O atacante bateu com o pé esquerdo e saiu para comemorar.

Mas ele ainda viria a marcar o terceiro. Mariano cruzou bem e ele testou firme para assegurar a vitória mineira. Na última jogada de escanteio, Gilvan descontou.

Previous ArticleNext Article