Atlético-MG vence Boca Juniors nos pênaltis e avança na Libertadores

Jorge de Sousa

Atlético-MG vence Boca Juniors nos pênaltis e avança na Libertadores

Atlético-MG e Boca Juniors ficaram no empate por 0 a 0 no tempo normal, mas o Galo venceu nas penalidades e avançou para as quartas de final da Copa Libertadores, na noite desta terça-feira (20).

O duelo foi realizado no Mineirão, em Belo Horizonte, sem presença de público devido a pandemia da Covid-19.

Nas penalidades, Hulk e Hyoran perderam cobranças pelo Atlético-MG, mas Everson defendeu dois pênaltis e Izquierdoz isolou a cobrança para classificarem o Galo.

O Atlético-MG irá enfrentar nas quartas de final o vencedor do duelo argentino entre River Plate e Argentinos Juniors, que no jogo de ida empataram por 1 a 1 em Buenos Aires.

VAR ANULA GOL DO BOCA E ATLÉTICO-MG AVANÇA NOS PÊNALTIS

O Atlético-MG começou melhor na partida e perdeu grande chance para abrir o placar aos três minutos. Tchê Tchê deu belo passe para Zaracho na área, mas o argentino finalizou fraco e Rossi fez fácil defesa.

O Boca Juniors conseguiu responder apenas aos 41 minutos. Villa arriscou a finalização da entrada da área e Everson se esticou para espalmar a bola para escanteio.

Allan quase ‘entregou’ o gol da classificação ao Boca Juniors aos oito minutos do segundo tempo. O volante tentou fazer lançamento do campo de defesa, a bola explodiu em Pavón e quase acertou o poste esquerdo de Everson.

O árbitro Esteban Ostojich anulou com o auxílio do VAR um gol do Boca Juniors aos 17 minutos. Sández bateu falta na pequena área, Everson soltou a bola e Weigandt empurrou para o gol vazio.

Mas após a revisão no VAR, Ostojich apontou que González (que estava em posição de impedimento) atrapalhou a tentativa da defesa de Everson e por isso invalidou a jogada.

Savarino teve grande chance para abrir o placar aos 27 minutos. Eduardo Sasha lançou o venezuelano na área, que cara a cara com Rossi, finalizou a esquerda da meta.

A resposta do Boca Juniors veio aos 30 minutos. Pavón recuperou a bola no campo de ataque e finalizou rente ao poste direito de Everson.

O Atlético-MG ainda teve uma última chance aos 45 minutos. Borrero avançou pela direita e tentou cruzar fechado, mas Rossi conseguiu espalmar a bola.

Nas penalidades, Hulk carimbou o poste esquerdo, Rojo bateu firme no canto direito, Nacho Fernández colocou no meio do gol, Everson defendeu a cobrança de Villa no meio de campo, Júnior Alonso rolou no canto direito, Everson espalmou o chute de Rolón no canto esquerdo, Hyoran escorregou na cobrança, Izquierdoz isolou e Everson acertou o ângulo direito.

LEIA MAIS: Conheça os atletas paranaenses nos Jogos Olímpicos de Tóquio

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="776906" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]