Atlético-MG vence Cruzeiro e conquista tricampeonato mineiro

O Atlético-MG venceu o Cruzeiro por 3 a 1 na tarde deste sábado (2) e conquistou o tricampeonato mineiro após 26 anos.

Jorge de Sousa - 02 de abril de 2022, 18:29

Pedro Souza/Atlético
Pedro Souza/Atlético

O Atlético-MG venceu o Cruzeiro por 3 a 1 na tarde deste sábado (2) e conquistou o tricampeonato mineiro após 26 anos.

Hulk (duas vezes) e Nacho Fernández marcaram os gols da vitória no Mineirão. Edu ainda descontou o placar para o Cruzeiro.

O título ainda mantém o embalo do início de trabalho de Antonio 'Turco' Mohamed no Atlético-MG, com o treinador argentino tendo vencido os dois torneios que disputou na equipe - Supercopa do Brasil e Campeonato Mineiro.

ESTRELAS DO ATLÉTICO-MG DECIDEM TRICAMPEONATO NO MINEIRÃO

O Atlético-MG criou a primeira chance de gol logo aos três minutos. Primeiro, Hulk foi acionado na área e finalizou para Rafael Cabral espalmar. No rebote, Keno chutou da entrada da área e novamente o goleiro fez a defesa.

O Cruzeiro respondeu aos oito minutos. Fernando Canesin cruzou na área e Edu testou rente ao poste direito.

Hulk abriu o placar da partida aos 30 minutos. O atacante arriscou da intermediária, Rafael Cabral não pulou na bola e viu ela entrar no canto direito.

O Cruzeiro voltou a levar perigo aos 42 minutos. Mais uma vez Fernando Canesin cruzou da direita, mas Vitor Leque não conseguiu alcançar a bola na pequena área, sendo que Everson já tinha sido batido no lance.

Everson evitou o empate aos 44 minutos. Fernando Canesin cruzou rasteiro e Pedro Castro tentou a finalização de letra, mas o goleiro ficou com a bola.

Mais uma chance do Cruzeiro aos 45 minutos. Edu foi acionado na área e finalizou cruzado para Everson espalmar no canto direito.

Waguininho testou Everson aos 15 minutos do segundo tempo. O atacante arriscou da intermediária e o goleiro espalmou a bola no canto esquerdo.

Só que Nacho Fernández definiu a partida aos 19 minutos. Hulk encontrou o meia na área, que limpou a marcação e finalizou no ângulo esquerdo.

Hulk ainda marcou o segundo gol no jogo aos 34 minutos. O atacante foi lançado por Nacho Fernández e foi derrubado por Rafael Cabral. Pênalti para o Atlético-MG, convertido pelo atacante no canto esquerdo.

Edu marcou o gol de honra do Cruzeiro aos 44 minutos.João Paulo bateu escanteio da esquerda e o centroavante testou na pequena área. Everson ainda resvalou na bola, mas não evitou o gol.

ATLÉTICO-MG 3 X 1 CRUZEIRO

Local: Mineirão, Belo Horizonte

Árbitro: Felipe Fernandes de Lima (CBF-MG)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (CBF-MG) e Celso Luiz da Silva (CBF-MG)

ATLÉTICO-MG

Everson; Mariano, Nathan Silva, Réver e Guilherme Arana; Allan (Otávio), Jair (Eduardo Sasha), Nacho Fernández (Júnior Alonso) e Zaracho; Keno (Ademir) e Hulk - T: Antonio 'Turco' Mohamed

CRUZEIRO

Rafael Cabral; Rômulo, Lucas Oliveira, Eduardo Brock e Rafael Santos; Willian Oliveira (Miticov), Fernando Canesin (Adriano) e Pedro Castro (João Paulo); Vitor Leque (Waguininho), Vitor Roque (Daniel Junior) e Edu - Técnico: Paulo Pezzolano

Gol: Hulk (30 minutos/1ºT e 34 minutos/2ºT), Nacho Fernández (19 minutos/2ºT) e Edu (44 minutos/2ºT)

Cartões amarelos: Réver, Nacho Fernández e Allan (CAM); Willian Oliveira, Edu e Rafael Cabral (CRU)

LEIA MAIS: Real Madrid vence Celta e mantém vantagem na ponta de La Liga