câmara dos deputados
Compartilhar

Atlético perde em casa para o Cruzeiro e se aproxima da ZR

O Atlético continua sua série sem vitórias - a quinta partida -  no Brasileirão e na noite de quarta (12), perdeu para o..

Redação - 12 de julho de 2017, 23:39

O Atlético continua sua série sem vitórias - a quinta partida -  no Brasileirão e na noite de quarta (12), perdeu para o Cruzeiro por 2 a 0, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR). O resultado deixou o Furacão na 16ª colocação com 15 pontos e o Cruzeiro na quinta posição com 20 pontos.

Com Kelly dando as coordenadas, enquanto Fabiano Soares não tem seu nome divulgado no BID, o Atlético entrou em campo com cinco mudanças em todos os setores. Aos 13 minutos, porém , a torcida rubro-negra viu Weverton defender um chute forte de Lucas Lima, que explodiu no travessão.

Mesmo modificado, o time da casa não produzia algo diferente do que vinha acontecendo no comando de Eduardo Baptista, com pouco poder ofensivo, o Atlético não levava perigo real aos cruzeirenses e aos 27, Lucas Romero aproveitou jogada pela esquerda, recebeu e marcou o primeiro gol.

Aos 39, Otávio arriscou de longe e Fábio mandou para escanteio. Já no minuto final, o rubro-negro ainda tentou empatar com uma cabeçada de Sidcley, porém Fábio defendeu.

O time saiu vaiado de campo, mas na segunda etapa não teve uma postura diferente. Logo aos seis, Weverton quase entregou o ouro ao sair errado e mandar nos pés de Rafael Sóbis, que chutou direto e mandou para fora.

Aos 40, Thiago Neves chutou de longe, Weverton espalmou e Rafael Marques, que havia entrado minutos antes completou para as redes.

No final da partida, a torcida protestou contra o presidente do Conselho Administrativo, Mario Celso Petraglia e também xingou a equipe com coros de "time de m.." e "vamos invadir o CT".

O goleiro Weverton disse que o momento é para ter tranquilidade. "Temos que ter tranquilidade neste momento, não é uma fase boa e quem deve sair dessa situação somos nós mesmos ter cabeça boa, ajudar os jovens e sairmos dessa situação", disse.

Em sua coletiva, o auxiliar Kelly disse que a equipe poderia ser mais ofensiva. "Tentamos montar uma equipe com mais ofensividade, pedimos para verticalizar os passes, criar espaços com passes verticais, mas infelizmente as coisas não aconteceram dessa maneira", disse;