Atlético-PR bate o Santos na Arena, encerra jejum e deixa a zona de rebaixamento

Encerrando a oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR recebeu o Santos, na Arena da Baixada, na noite desta..

Francielly Azevedo - 31 de maio de 2018, 22:57

Foto: Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem
Foto: Rodolfo Buhrer &#124 La Imagem

Encerrando a oitava rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-PR recebeu o Santos, na Arena da Baixada, na noite desta quinta-feira (31). O rubro-negro foi superior, venceu por 2 a 0 e deixou a zona de rebaixamento. O Furacão voltou a vencer depois de nove jogos.

Melhor em campo nos primeiros minutos, neutralizando o rubro-negro, o Santos foi o primeiro a assustar na partida. Aos 10 minutos, Jean Mota cobrou escanteio e David Braz subiu alto para cabecear. A bola passou bem pertinho do gol defendido pelo goleiro Santos.

A resposta do Atlético veio sete minutos depois, também em uma bola parada. Em uma cobrança de escanteio, foi a vez de Thiago Heleno subir alto, sozinho, e sem dó para abrir o placar.

Com mais posse de bola, o rubro-negro tomou as rédeas da partida e chegou novamente com Pablo, que aproveitou o erro da equipe santista e chutou, só que Vanderlei fez boa defesa.

O duelo seguiu equilibrado, mas com Atlético tendo mais sorte para finalizar. Aos 31, Carleto cobrou falta de longe e Vanderlei defendeu de peito, como deu. Aos 35, Guilherme cruzou da esquerda e Nikão, em um voleio, de primeira acertou o travessão.

O Atlético voltou empolgado na segunda etapa. Aos oito minutos, Thiago Carleto cobrou falta e Vanderlei defendeu. Só que no rebote do goleiro santista, Guilherme, se desloca da barreira, e sozinho amplia o placar.

Aos 18, o Santos se aproximou com Jean Mota, que driblou e finalizou. Só que o goleiro atleticano defendeu. No rebote, Gabigol até balançou as redes, mas não valeu, porque estava em posição irregular.

O Furacão não se intimidou. Aos 35, Carleto finalizou de longe e Vanderlei defendeu. Na sequência, Nikão pegou o rebote e o arqueiro defendeu novamente. Na terceira tentativa, Lucho bateu firme e Vanderlei segurou o bombardeio.

O Peixe ensaiou uma pressão no final. Mas não adiantou.

COMO FICA

Com o resultado, o Atlético soma nove pontos,  na 13ª posição, deixando a zona de rebaixamento. Enquanto o Santos permanece na degola com seis pontos pontos, na 18ª colocação.

Na próxima rodada, no domingo (3), às 16h (de Brasília), o rubro-negro encara o América-MG, no Independência. Já o peixe joga no mesmo dia e horário, contra o Vitória, na Vila Belmiro.

Confira a galeria de imagens produzidas pelo repórter fotográfico Rodolfo Buhrer: