Atlético-PR diz que goleiro usando celular no jogo foi ação de marketing; Clube não pediu autorização para CBF

Francielly Azevedo


Após a repercussão de vídeos na internet do goleiro Santos, do Atlético-PR, utilizando o celular durante a derrota do rubro-negro para o Atlético-MG, de virada por 2 a 1, o clube se pronunciou em entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira (14). Segundo o vice-presidente do Conselho Administrativo do Atlético, Márcio Lara, o episódio se tratou de uma campanha de marketing em referência ao “Maio Amarelo”, que trata de conscientização sobre acidentes de trânsito.

“Muita crítica, muita indignação, e com muita razão. Eu ficaria também indignado com a atitude de levar o celular para o campo e essa indignação minha é em relação a utilizar o celular no carro também. Então gostaria que como eu fiz no campo, que é proibido, dizer que as pessoas não usem no carro, porque também é proibido e perigoso”, disse Santos.

Durante a entrevista coletiva, o clube exibiu um vídeo feito em parceria com a Uber, empresa de aplicativo de transporte, sobre a ação, com dados das mortes no trânsito. Por ano, acontecem 400 mil acidentes no país e 54 mil pessoas perdem as vidas vítimas da imprudência ao volante.

“O Atlético é conhecido como um time que quebra paradigmas, sobre sua postura de modernidade e inovação por isso foi escolhido para essa ação. Os riscos foram totalmente calculados. Lógico que teve um desvio de atenção antes do início do jogo, mas isso não influenciou no desempenho do Santos em campo”, afirmou Lara.

De acordo com o clube, não foi pedido autorização para a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

“Não foi pedido autorização, exatamente para que essa campanha tivesse efeito surpresa. Como foi feita antes da bola rolar e não existiu nenhum ação antidesportiva, não vimos a necessidade. Além disso, pela cunho social, não haveria cabimento se tivesse alguma punição”, considerou.

O vice-presidente disse que as campanhas continuam. “O Atlético-PR, dentro da sua responsabilidade social, estará também participando do maio amarelo. Nossa Arena será iluminada de amarelo e teremos uma fita amarela no uniforme. Nos sentimos orgulhosos de participar disso”, ressaltou.

 

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.