Atlético-PR leva virada do Inter e segue sem vencer fora casa

Roger Pereira


Um time que nunca venceu fora de casa, diante de um adversário invicto em casa. Uma equipe com todos os 11 jogadores reservas, poupando o time titular para a semifinal da Sul-americana, contra uma equipe que precisava da vitória para seguir na briga pelo título Brasileiro. O cenário da partida do Atlético-PR contra o Internacional, no Beira Rio, não era nada animador e o placar final de 2 a 1 para os gaúchos até que era previsível. Não fosse as circunstâncias do jogo.

O Atlético saiu na frente, controlou o jogo, teve chances de ampliar, mas acabou tomando a virada nos 10 minutos finais, com o gol da derrota sendo marcado por um pênalti duvidoso marcado aos 45 minutos do segundo tempo.

O primeiro tempo foi morno. As equipes pouco criaram e os goleiros foram espectadores do jogo. O Inter teve uma chance com D’Alessandro finalizando para fora aos 24 minutos e o Atlético respondeu com Bergson cobrando falta de longe, aos 34’.

Já a segunda etapa foi bastante movimentada. Felipe Alves e Marcelo Lomba trabalharam bastante e os três gols da partida foram anotados na segunda metade do jogo. O Atlético já tinha acertado a trave de Lomba, aos 7’, enquanto o Inter exigiu grandes defesas de Felipe Alves. Aos 18’, o Furacão saiu na frente. Camacho roubou a bola no meio de campo, avançou com liberdade e chutou de fora. A bola desviou em Rodrigo Moledo e tirou Lomba do lance.

O Atlético ainda teve chance de ampliar aos 25’ com Raphael Veiga, antes de o Inter iniciar a pressão que levou à virada. O empate veio com o próprio Moledo, desviando bola lançada na área por Wellington Silva, aos 36’. Aos 44’, Felipe Alves fez grande defesa em chute de Nico Lopes, mas, aos 45’, em contra-ataque rápido do Inter, a bola é cruzada para Rossi, que disputava o lance na corrida com Márcio Azevedo. O atacante da equipe gaúcha caiu, e o árbitro marcou pênalti, gerando revolta da equipe rubro-negra. Aos 48’, D’Alessandro cobrou e garantiu a vitória colorada.

Com a derrota, o Atlético perde a chance de entrar no G-6, ficando na nona posição, com 43 pontos, enquanto o Inter assume a vice-liderança, com 61 pontos, a cinco do líder Palmeiras.

Previous ArticleNext Article
Repórter do Paraná Portal
[post_explorer post_id="568473" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]