Atlético-PR passeia sobre o Newell’s e larga bem na Sul-americana

Roger Pereira

Com um primeiro tempo impecável, o Atlético-PR passou por cima do Newell’s Old Boys, da Argentina, na estreia na Copa Sul-Americana. Com todos os gols marcados nos primeiros 45 minutos, o Furacão fez 3 a 0 e leva uma vantagem confortável para a partida de volta, em Rosário, no dia 10 de maio.

O técnico Fernando Diniz demonstrou, na escalação, respeito à equipe argentina. Não abriu mão de seu esquema de jogo e, muito menos da forma de jogar, mas armou um meio de campo mais marcador, com Rosseto, Lucho, Camacho e Renan Lodi, além dos três zagueiros.

Mas a maior segurança defensiva deixou o time mais à vontade para trocar passes e ousar nas jogadas de ataques e, logo, o Furacão já tomou conta do jogo. Na primeira grande chegada, aos 8 minutos, Lodi chegou à linha de fundo e cruzou. Nikão finalizou, mas a bola desviou na zaga e saiu para escanteio. Na cobrança de Guilherme, Pablo subiu sozinho e abriu o placar.

Nos minutos seguintes, o Atlético seguiu dominando, chegando com facilidade, mas errando no último passe. Aos 30 minutos, no entanto, a troca de passes foi perfeita e a bola chegou para Nikão, na entrada da área. Ele finalizou no cantinho e ampliou.


O amplo domínio do primeiro tempo se manteve mesmo com o 2 a 0 no placar. Nikão e Camacho tiveram outras boas oportunidades, até que, aos 36 minutos, Lucho cruzou da direita, Renan Lodi chegou pela esquerda e apenas escorou para o meio da área, encontrando Guilherme para fazer o terceiro gol.

Na segunda etapa, o Furacão manteve o controle do jogo, mas diminuiu a intensidade. Não correu riscos, mas também não criou tantas chances quanto no primeiro tempo. Vendo o Atlético acomodado, o Newell’s até tentou alguma coisa. Aos 13 minutos, Opaso arriscou de longe e fez Santos tocar na bola pela primeira vez. Cinco minutos depois, o time Argentino chegou de novo, mas San Roman bateu para fora.

E foi só isso, logo o Atlético assumiu o controle do jogo novamente e foi dono das ações até o fim da partida Pablo e Rosseto perderam boas chances aos 25’ e 30 minutos. Pablo chegou a balançar as redes novamente, aos 31’, mas tava impedido.

Nos 15 minutos finais, o Furacão tocou bola, seguiu envolvendo o Newells, mas pouco finalizou, garantindo o placar do primeiro tempo.

A gora, o elenco principal do Furacão se volta para a estreia do Campeonato Brasileiro, domingo, às 19h, diante da Chapecoense, na Arena da Baixada.

Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook