Atlético-PR perde e Ponte Preta continua viva na briga contra o rebaixamento

Francielly Azevedo


Atlético-PR e Ponte Preta abriram a 35ª rodada do Campeonato Brasileiro, na tarde desta quarta-feira (15), no estádio Moisés Lucarelli. O furacão teve mais posse de bola, mas isso não foi suficiente para garantir os três pontos. Alegria para a Ponte, que venceu por 2 a 1 e permanece respirando na guerra contra o rebaixamento.

O rubro-negro começou bem a partida, controlando a bola deu trabalho aos anfitriões que não sabiam como se desvencilhar das investidas. Aos cinco minutos, na jogada de velocidade, a bola sobrou para Ribamar, que cabeceou na trave.

Com a torcida impaciente, a Macaca precisou dar um jeito de acalmar os ânimos no Moisés Lucarelli e conseguiu diminuir a pressão só aos 37 minutos. Em cobrança de falta de Danilo Barcelos, a barreira atleticana abriu e a bola entrou no cantinho de Weverton.

A Ponte gostou do jogo e mesmo com menos chances chegou ao segundo gol aos 21 minutos. Nino Paraíba chegou pela direita e da linha de fundo cruzou para área. Danilo Barcelos estava posicionado, esperando para cabecear e ampliar o placar.

O rubro-negro conseguiu descontar aos 33 minutos. Douglas Coutinho cruzou, a bola quicou na área e Sidcley emendou o chute para as redes.

No último minuto os atleticanos ainda tiveram a oportunidade de empatar. Mas Aranha defendeu o chute à queima roupa de Fabrício.

 

Como fica

Com o resultado, o rubro-negro permanece com 45 pontos, na 12ª posição. Já a macaca respira na briga contra o rebaixamento, soma 39 pontos, na 17ª posição.

 

Próxima rodada

No domingo (19), o furacão recebe o Vasco, às 19h (horário de Brasília). Enquanto a Ponte volta a campo n segunda-feira (20), diante do Fluminense, às 17h, no Maracanã.

 

 

Previous ArticleNext Article
Avatar
Jornalista, formada pela Universidade Tuiuti do Paraná. Tem passagens pela TV Educativa, TV Assembleia, TV Transamérica, CATVE, Rádio Iguassu e Folha de Londrina. Atualmente trabalha no Paraná Portal e na Rádio CBN.