Atlético-PR perde mais uma e volta para a zona de rebaixamento

Roger Pereira

O Atlético-PR volta de uma série de dois jogos fora de casa sem nenhum ponto na bagagem. Depois da derrota para o América-MG no domingo, o Furacão foi superado, nesta quarta-feira, pelo Sport, na Ilha do Retiro, em Recife. Mais uma vez, o time do técnico Fernando Diniz teve amplo domínio da posse de bola, mas não conseguiu criar muitas jogadas de gol, e, num lance de rara felicidade de Felipe Bastos, que acertou um chute quase do meio de campo, acabou derrotado por 1 a 0.

O resultado mandou o Atlético-PR para a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. O time caiu para o 17º lugar, com nove pontos e ainda pode ser ultrapassado pelo Bahia, que encara o Paraná nesta quinta-feira.
Na ponta de cima da tabela, o Sport chegou ao quinto jogo de invencibilidade e continua entre os primeiros colocados, com 18 pontos, dois atrás do líder Flamengo.

Depois de um primeiro tempo morno, em que o Atlético abusava da troca de passes sem efetividade e o Sport, mesmo sem a posse de bola, era quem criava as principais jogadas, nenhuma no entanto, se converteu em chance clara de gol, Felipe Bastos incendiou o jogo logo aos 34 segundo da etapa final. Ele acertou uma bomba, da intermediária, no ângulo de Santos, que nem foi na bola.

Na frente do placar após o golaço, o Sport não aproveitou o momento para ampliar e, aos poucos, passou a se posicionar para jogar no contra-ataque. Com espaço para criar, o Atlético-PR tomou conta da posse de bola, mas ainda enfrentava uma marcação eficiente do adversário. Fernando Diniz deixou a equipe mais ofensiva com duas mudanças: o meio-campista Bruno Guimarães e o atacante Bill nas vagas do zagueiro José Ivaldo e do volante Camacho. Houve melhora, mas ainda faltou eficiência. Na melhor chance dos paranaenses, Pablo escorou cobrança de escanteio e o goleiro Magrão salvou o Sport, aos 38 minutos.


 

 

Post anteriorPróximo post
Roger Pereira
Repórter do Paraná Portal
Comentários de Facebook