Atlético segura o empate contra o Paraná e elimina o Tricolor

Redação


Em partida bastante disputada, o Atlético empatou com o Paraná por 0 a 0, na Vila Capanema, em Curitiba (PR), e eliminou o Tricolor do Campeonato Paranaense. O Paraná precisava da vitória para continuar na competição.

A partida começou em um ritmo intenso, mas essa vontade não se traduzia em lances perigosos para nenhumas das duas equipes. A primeira oportunidade aconteceu com Renatinho, aos 11 minutos, quando cabeceou, mesmo sem marcação, para fora do gol de Weverton.

Aos 21, o Atlético perdeu Lucho González por lesão. João Pedro entrou em sua vaga e o Furacão tentou imprimir um ritmo mais rápido.

Não conseguiu. O Paraná mantinha o controle da partida, porém esbarrava na zaga atleticana.

Aos 36, o lance mais polêmico, quando Zé Ivaldo, mesmo com o braço colado ao corpo, teve a bola tocada em sua mão.

No final do primeiro tempo, os jogadores paranistas reclamaram da penalidade não marcada e Thiago Heleno preferiu não polemizar. “Percebi que o Zé estava com o braço fechado, a bola pegou, mas isso é uma interpretação do árbitro”, disse.

Na segunda etapa o Atlético melhorou sua marcação e equilibrou as ações. A melhor chance de gol do rubro-negro aconteceu com Felipe Gedoz, que aos 27 exigiu difícil defesa de Léo.

Alex Santana teve a melhor chance paranista, aos 36, quando Nathan fez boa jogada pela lateral e Alex Santana completou na trave.

No final da partida, o goleiro Weverton provocou a torcida paranista, o clima esquentou e o atacante Douglas Coutinho tentou acertar um atleta do Paraná, que precisou da intervenção da polícia para apaziguar o ânimo.

Paraná

Léo; Júnior, Airton, Brock e Rayan (Gabriel Dias); Leandro Vilela, Alex Santana, Guilherme Biteco (Ítalo), Renatinho e Nathan; Felipe Alves (Pedro). Técnico: Wagner Lopes

Atlético-PR

Weverton; José Ivaldo, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Deivid (Luiz Otávio), Rossetto, Lucho Gonzalez (João Pedro), Felipe Gedoz e Nikão; Eduardo da Silva. Técnico: Paulo Autuori

Árbitro: Rodolfo Marques

Cartões amarelos: Eduardo da Silva

Renda: R$ 414.020,00

Público: 13.016 pagantes

Previous ArticleNext Article
[post_explorer post_id="424031" target="#post-wrapper" type="infinite" loader="standard" scroll_distance="0" taxonomy="category" transition="fade:350" scroll="false:0:0"]